Glover Teixeira critica UFC por retirar cinturão de Charles do Bronx após falha no corte de peso: ‘Foi ridículo’

Brasileiro afirma que ainda considera o compatriota como campeão dos leves da organização

G. Teixeira (esq.) saiu em defesa de C. do Bronx (dir.). Foto: Montagem SUPER LUTAS

Glover Teixeira saiu em defesa de Charles do Bronx. Em entrevista ao podcast ‘The MMA Hour’, o campeão dos meio-pesados (até 93kg.) criticou a decisão do UFC em tirar o título dos leves (até 70,3kg.) do compatriota após falha no corte de peso para luta contra Justin Gaethje no UFC 274.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Cara, ele ainda é o campeão para mim, para todos e em sua mente. Foi uma vergonha. Foi ridículo. Se fossem alguns quilos, eu diria que não era profissional da parte dele, mas ele pesava meio quilo acima e todo mundo sabe sobre o problema da balança. Sim cara, ele é o campeão. Ele ainda é o campeão”, analisou Teixeira.

Apesar do problema com a balança, Charles teve seu cinturão retirado, mas seguiu no card para confronto contra Gaethje. Na luta, o brasileiro não se deixou abater e finalizou com um mata-leão no primeiro round. Já Glover, agora, se prepara para tentar defender o cinturão dos meio-pesados (até 93kg.) pela primeira vez no embate sobre Jiri Prochazka, válido pelo UFC 275. O evento acontece no dia 11 de julho.

PUBLICIDADE:

Glover e Do Bronx são dois dos principais nomes brasileiros da atualidade no MMA. Além disso, eles passaram por grandes reviravoltas em suas carreiras para conseguirem chegar ao topo dos meio-pesados e leves, respectivamente.

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276