Após suposta agressão à enfermeira, Borrachinha nega incidente e acusa imprensa de sensacionalismo

Em nota oficial, equipe jurídica do lutador aponta que peso médio do UFC zela pela disciplina, além ‘repudiar e rechaçar qualquer tipo de violência’

P. Borrachinha (foto) ainda não estreou na temporada 2022 do UFC. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Pivô de uma polêmica na noite da última segunda-feira (30), em que foi acusado de agredir uma enfermeira em um ponto de vacinação contra a Covid-19, em Contagem (MG), Paulo Borrachinha se pronunciou sobre o suposto incidente por meio de uma nota oficial. No texto, o brasileiro, por meio de sua assessoria jurídica, prestou esclarecimentos e acusou a imprensa de ser sensacionalista por tratar o caso de forma ‘temerária’.

PUBLICIDADE:

O texto, que conta com cinco parágrafos (leia o comunicado na integra abaixo), destaca os valores do destaque do UFC. Em um dos trechos, o mineiro é apresentado como um ‘atleta profissional de alto desempenho’, que ‘se dedica em tempo integral aos treinos e segue as regras, diretrizes e disciplinas, tendo, portanto, filosofia e conduta humana incompatíveis com as alegações a ele dirigidas’.

Veja Também

Na intenção de defender o lutador, a ‘MEIJON Advocacia’, que representa o brasileiro, também destaca que o ex-desafiante ao cinturão dos médios do UFC, junto à sua equipe, ‘repudia e rechaça todo e qualquer tipo de violência’.

PUBLICIDADE:

Embora o texto divulgado não revele o que, de fato, teria acontecido no suposto incidente, Borrachinha garantiu que pretende esclarecer e encerrar a história que movimentou o mundo das lutas.

“Espero que até amanhã já tenha a oportunidade de esclarecer e tirar qualquer dúvida que possa ter gerado esse infortúnio”, escreveu o mineiro.

PUBLICIDADE:

Destaque brasileiro no UFC, Paulo Borrachinha, de 31 anos, representa a organização desde 2017. Pela companhia, o atleta soma sete compromissos, com cinco triunfos e dois reveses. O combatente chegou a disputar o cinturão dos médios em 2020, mas acabou derrotado pelo campeão, Israel Adesanya.

PUBLICIDADE:

Confira a nota oficial na íntegra

As recentes matérias veiculadas pela mídia envolvendo o atleta Paulo Costa – Borrachinha, referente ao ocorrido em um shopping na cidade de Contagem-MG geraram questionamentos, assim, cumpre-nos apresentar alguns esclarecimentos:

Sobre as notícias, tendentes ao sensacionalismo, estas são temerárias e inconsistentes, certo que o atleta Paulo Costa – Borrachinha e toda a sua equipe repudiam e rechaçam todo e qualquer tipo de violência.

O atleta profissional de alto desempenho como é o Borrachinha, se dedica em tempo integral aos treinos e segue regras, diretrizes e disciplinas, tendo, portanto, filosofia e conduta humana incompatíveis com as alegações a ele dirigidas.
 
As acusações e os fatos narrados não refletem a realidade do ocorrido, os quais serão detidamente apurados e as medidas judiciais cabíveis para o seu perfeito esclarecimento serão tomadas.

A equipe técnica e jurídica do atleta Paulo Costa – Borrachinha acrescenta, ainda, que estará à disposição para outros esclarecimentos.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano