Mesmo irritado com cinturão interino, Deiveson descarta deixar o peso mosca: ‘A divisão tem dono’

Ainda surpreso com a disputa entre Brandon Moreno e Kai Kara France, pelo título temporário, brasileiro esbanja confiança nas redes sociais

D. Figueiredo é o atual campeão linear dos moscas do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de declarar publicamente sua irritação pela criação de um cinturão interino dos moscas (até 56,7kg.) no UFC, Deiveson Figueiredo decidiu ‘virar a página’. Campeão linear da divisão, o atleta, que se recupera de uma lesão na mão, usou as redes sociais para descartar o ‘abandono’ da categoria. O brasileiro projeta um futuro de ainda mais sucesso no grupo.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Um resultado, um juízes. O anúncio, o campeão. Já defendo aquilo que é meu e do povo brasileiro. O cinturão é do Brasil. A divisão tem um dono: Deiveson ‘Deus da Guerra’ Figueiredo”, escreveu o paraense, em sua conta no Instagram.

Ainda em fase de recuperação de uma lesão na mão, a estrela brasileira garante uma recuperação plena. Para o futuro, o lutador promete ainda mais brilho.

PUBLICIDADE:

“Volto ainda mais forte e surpreendente. Aguardem”, encerrou.

Atual campeão linear nos moscas, Deiveson vive seu segundo reinado na categoria. Destronado por Brandon Moreno em junho da temporada passada, o ‘Deus da Guerra’ retomou o trono em janeiro de 2022, em trilogia histórica contra o mexicano.

Fora de ação, Figueiredo acompanhará de longe a disputa do título interino. No UFC 277, Brandon Moreno tenta se aproximar de uma quadrilogia com Figueiredo. Para isso, precisará encerrar o bom momento de Kai Kara France.

PUBLICIDADE:

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276