Dustin Poirier volta a questionar Michael Chandler e garante que lutador seria derrotado por Conor McGregor

Depois de se oferecer para confronto contra ex-Bellator, ‘Diamante’ apimenta nova rivalidade dentro do UFC

D. Poirier em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de afirmar que aceitaria um eventual confronto contra Michael Chandler, Dustin Poirier decidiu apimentar sua mais nova rivalidade no UFC. Disposto a abalar o brio do ex-Bellator, o ‘Diamante’ voltou a questionar o talento do antigo desafiante ao cinturão dos leves (até 70,3kg.), sugerindo que o combatente seria derrotado em eventual luta contra Conor McGregor.

PUBLICIDADE:

“Acho que Conor é uma luta perigosa para ele (Michael). Não estou dizendo que Chandler é fraco, ou algo do tipo, mas ele se machuca em muitos combates e caras como Conor sabem golpear”, afirmou Poirier, em entrevista ao ‘THE FHIGHT With Teddy Atlas’.

Veja Também

A investida de Dustin não se limitou a McGregor. O ex-campeão interino dos leves lembrou confrontos recentes de Chandler para valorizar seu argumento.

PUBLICIDADE:

“Você é ferido por Tony Ferguson e desabou contra Oliveira (Charles do Bronx). Atletas como eu e Conor, se tocam seu queixo, será péssimo”, encerrou.

Destaque da divisão até 70,3kg., Poirier não esconde o desejo de estrear na temporada 2022. O norte-americano busca se recuperar da derrota sofrida para Charles do Bronx, no fim de 2021, quando acabou finalizado na tentativa de tirar o cinturão do grupo das mãos do brasileiro.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano