Chael Sonnen critica Tom Aspinall por ‘jeito humilde’ diante das câmeras

Conhecido por ser um exímio provocador, o norte-americano reclamou da postura pouco 'agressiva' do prospecto dos pesados com seus rivais de divisão

T. Aspinall saltou para a sexta posição no ranking dos pesados após UFC Londres. Foto: Reprodução/Instagram

Conhecido por ser um exímio provocador durante sua carreira como lutador de MMA, o norte-americano Chael Sonnen acredita que o prospecto dos pesados (até 120,2kg) Tom Aspinall deveria seguir o mesmo ‘caminho’. Em entrevista ao site ‘BJ Penn’, o ex-peso médio (até 83,9kg) criticou a forma com que o britânico fala diante das câmeras e insinuou que ele mesmo está atrapalhando o seu objetivo de conseguir uma disputa de cinturão no futuro.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“(Tom) Aspinall dá entrevistas como um fã de 13 anos. Aspinall diz em uma entrevista que ele não deveria receber uma chance pelo título. Alguém deveria, ele não está pronto para isso. Tudo bem, temos um cara jovem que quer mostrar um senso de humildade, que nunca deveria ter feito uma entrevista dizendo isso”, disse Sonnen.

O ex-lutador do UFC lembrou os seus velhos tempos de provocador e afirmou que, se ele trabalhasse com Aspinall, conseguiria rapidamente uma disputa de cinturão para o britânico.

PUBLICIDADE:

“Se eu tivesse tempo e ele não tivesse me irritado tanto, eu diria: ‘Nunca diga mais nada, toda entrevista e coletiva de imprensa que você for, eu vou aparecer com um megafone e fazer um escândalo inteiro. Vou fazer disso uma grande cena. Você fica aí e não fala nada, eu vou ter você lutando pelo cinturão em 12 meses’. Esse é o plano e, de qualquer maneira, você está atrapalhando”, criticou o norte-americano.

Considerado uma das maiores revelações da divisão dos pesados, Tom foi contratado pelo Ultimate em 2020 e, em cinco combates, venceu todos por nocaute ou finalização. O prospecto britânico possui um cartel no MMA de 12 triunfos e dois reveses.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276