VÍDEO: Destronado no UFC 275, Glover Teixeira descarta aposentadoria e é ovacionado em Singapura

Finalizado por Jiri Prochazka no último sábado, atleta de 42 anos garante que seguirá competindo no MMA profissional

G. Teixeira (foto) foi superado por J. Prochazka no UFC 275. Foto: Reprodução/Instagram

Nada abala Glover Teixeira. Mesmo derrotado por Jiri Prochazka no UFC 275, resultado que rendeu a perda do cinturão dos meio-pesados (até 93kg.), o brasileiro de 42 não quer saber de aposentadoria. Em entrevista a Daniel Cormier, momentos após ser finalizado pelo tcheco, o tupiniquim garantiu que seguirá competindo e levou o público de Singapura à loucura.

PUBLICIDADE:

“Eu pareço mal para um cara de 42 anos?”, questionou Glover a Cormier no microfone.

Responsável pelas entrevistas no UFC 275, DC não titubeou. Imediatamente o ex-campeão do Ultimate respondeu.

PUBLICIDADE:

“Não. Você foi incrível”, disse o comentarista.

Percebendo a resposta de Daniel, Glover arrancou aplausos da torcida em sua próxima frase.

PUBLICIDADE:

“Então, vou seguir lutando”, cravou.

PUBLICIDADE:

No último sábado, Teixeira entregou uma verdadeira batalha contra Prochazka. Para os juízes, o mineiro vencia o confronto, mas, após um descuido nos segundos finais do último round, acabou finalizado e perdendo o trono.

Veja a declaração de Glover Teixeira

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano