Glover Teixeira alega cansaço e lamenta derrota para Jiri Prochazka: ‘Dei o meu melhor’

Brasileiro, que perdeu o cinturão dos meio-pesados no UFC 275, revela que se arrepende de não ter tentado se defender do mata-leão e agradece apoio dos fãs

G. Teixeira (foto) perdeu o cinturão dos meio-pesados do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Reconhecido como um dos principais destaques do Ultimate na atualidade, Glover Teixeira viu seu reinado nos meio-pesados (até 93kg.) se encerrar no último sábado (11). Na luta principal do UFC 275, o brasileiro levava vantagem, mas acabou sendo finalizado no quinto round por Jiri Prochazka.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em seu primeiro pronunciamento, nos bastidores do show, Glover alegou cansaço, declarou que buscou dar seu melhor e lamenta ter perdido o cinturão no confronto. Ele ainda agradeceu o apoio dos fãs e está pronto para a próxima luta no Ultimate.

“Fala, galera. Vamos que vamos. É isso aí. Poxa, tomamos umas ‘pancadas’ ali, hein? Pessoal, foi uma luta que eu dei meu melhor e acabou entrando a mão no pescoço. Eu estava cansado para caramba, não acreditei e deveria ter virado (a posição). Mas agora é muito tarde para ficar chorando ‘pelo leite derramado’. Viva pela espada e morra pela espada. Dei o meu melhor e não foi o suficiente. Mas é isso aí. Vamos para a próxima. Obrigado por todas as pessoas que torcem por mim. Estou bem, só com alguns cortes, mas vamos que vamos”, disse Glover em vídeo publicado pelo perfil oficial do UFC Brasil no ‘Twitter’.

PUBLICIDADE:

O duelo diante de Jiri Prochazka foi marcado por altos e baixos e repleto de reviravoltas. Glover, inclusive, esteve perto de garantir sua vitória, mas perdeu o cinturão depois de bater em desistência por um mata-leão aplicado pelo tcheco. Profissional desde 2002, o brasileiro conta com um retrospecto de 33 resultados positivos e sete negativos.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano