Renzo Gracie defende Toquinho das críticas: ‘Não teve maldade’

Faixa-preta disse que Pierce errou na defesa do golpe e que brasileiro não deveria ter soltado a posição

R. Gracie (foto) quer voltar a competir ainda em 2013. Foto: Josh Hedges/UFC

R. Gracie (foto) defende Toquinho após demissão do UFC. Foto: Josh Hedges

Rousimar Toquinho foi cercado de críticas por segurar a finalização diante de Mike Pierce no UFC Fight Night 29. Mas em uma voz parece destoar da maioria: Renzo Gracie. O veterano faixa-preta saiu em defesa do compatriota mineiro e garante que ele agiu certo ao segurar o golpe.

“Acabei de assistir à luta (do Toquinho) e eu tenho que reforçar. Ele não teve nenhuma má intenção. Seu adversário foi na direção errada, por isso, se há lesão envolvida, tem mais a ver com a forma como o seu adversário tentou sair da chave de calcanhar do que de suas intenções”, disse. “Nossa luta é intensidade. Não se pode largar uma finalização rapidamente”, completou o veterano.

Renzo ainda acredita que a emoção da locução pode ter influenciado ao UFC a demitir do Toquinho. “Importante que se seja imparcial, tire o volume e não permita que a sua opinião seja dirigida pelos locutores ou pela mídia”, analisou Renzo.

Apesar de ter sido duramente criticado pelo UFC, Rousimar divulgou um vídeo em seu canal do Youtube no qual garante não ter agido com maldade na finalização, que os tapinhas de desistência foram dadas no juiz. Mesmo assim ele desculpava com o evento e pedia uma nova chance no octógono.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments