Velasquez revela que ‘não quis’ finalizar segunda luta contra Cigano

Campeão disse que fez com que o brasileiro pagasse pelo primeiro revés sofrido na carreira

C.Velasquez (dir.) acerta J.Cigano (esq.) na última luta entre os dois; brasileiro ironizou a força do rival. Foto: Josh Hedges/UFC

C.Velasquez (dir.) acerta J.Cigano (esq.) na última luta entre os dois. Foto: Josh Hedges/UFC

O norte-americano Cain Velasquez dominou a segunda luta diante de Júnior Cigano, no UFC 155, em dezembro de 2012, e tomou o cinturão do brasileiro. Apesar do amplo domínio durante 25 minutos, o atual campeão não conseguiu nocautear o atleta tupiniquim. Porém, segundo ele, arrastar o duelo até o final foi intencional.

“Na segunda luta, eu não procurei finalizar ele ou nocautear porque quis fazer ele pagar pela primeira luta, eu quis de certa forma punir, peguei suas costas e poderia ter tentado finalizar, mas preferi fazer ele pagar e castigá-lo”, provocou o atual campeão, em entrevista ao site MMA Fighting.

Júnior Cigano e Cain Velasquez fecham a trilogia entre eles no UFC 166, evento que acontece no próximo sábado (19), em Houston, nos Estados Unidos. No primeiro duelo entre eles, em novembro de 2010, o brasileiro nocauteou Velasquez em pouco mais de um minuto de luta. Na revanche, realizada, em dezembro de 2012, Cain deu o troco e deixou o duelo com a vitória na decisão unânime dos juízes.>

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Renato
Renato
7 anos atrás

Não acredito….. um lutador não perde oportunidade de finalizar, ele jamais correria o risco ainda mais contra o Cigano….. mas claro que é legal falar isso antes da luta né??!!!