Após derrotar Glover Teixeira, Jiri Prochazka revela emoção com recepção de herói em seu país: ‘Foi fantástico’

Recebido por um grande público em seu retorno a República Tcheca, o novo campeão dos meio-pesados admitiu que não esperava a calorosa recepção

J. Prochazka é recebido como herói na República Tcheca. Foto: Reprodução/Instagram

Novo campeão dos meio-pesados (até 93kg), o tcheco Jiri Prochazka revelou como foi a emoção de ser recebido como um herói em seu país, após a conquista. Em entrevista ao MMA Fighting, o carrasco de Glover Teixeira admitiu que não esperava uma recepção tão calorosa e contou como foi compartilhar a alegria de sua vitória com o seu povo.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu só queria compartilhar essa energia, a energia da vitória com eles. Porque as pessoas da República Tcheca que estão assistindo MMA e entendem de MMA, são pessoas realmente enérgicas, e eram tão, tão, tão barulhentas. Foi fantástico. Foi emocionante e estou feliz por representar a República Tcheca no UFC”, disse Prochazka.

O novo dono do cinturão dos meio-pesados também contou como foi o sentimento de ter um campeão do UFC, para os fãs de MMA do seu país.

PUBLICIDADE:

“Na República Tcheca, foi uma grande coisa. Foi uma grande coisa porque é o pico mais alto para os lutadores de MMA, e eu ganhei isso. E eu sei que foi como uma luta de ’50 a 50′, mas eu venci essa luta e acho que as pessoas aqui podem se orgulhar disso. Que a pequena República Tcheca tem agora um campeão da maior organização de MMA do mundo”, finalizou o tcheco.

Com ascensão meteórica no Ultimate, Prochazka chegou à disputa do cinturão dos meio-pesados com apenas duas lutas. Após nocautear Volkan Oezdemir e Dominick Reyes, o tcheco conquistou o direito de desafiar o então campeão Glover Teixeira. No UFC 275, que aconteceu no início de junho, Jiri finalizou Glover Teixeira nos últimos segundos do quinto round e chegou ao ‘Olimpo’ do MMA mundial.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano