Com atuação irretocável, Johnny Eblen bate Gegard Mousasi e conquista cinturão dos médios no Bellator 282

Dominante na luta agarrada, o prospecto invicto anulou o veterano das artes marciais e se tornou o novo campeão até 83,9kg

 

G. Mousasi e J. Eblen se cumprimentam antes do Bellator 282 (Foto: Instagram/@bellatormma)

PUBLICIDADE:

A divisão dos médios (até 83,9kg) do Bellator tem um novo campeão. O norte-americano Johnny Eblen anulou o veterano Gegard Mousasi e conquistou o cinturão da organização presidida por Scott Coker. O triunfo aconteceu no Bellator 282, que foi realizado na última sexta (24)

Prospecto da American Top Team, a maior academia de MMA do mundo, Johnny veste as luvas do Bellator desde março de 2019 e está invicto nas artes marciais mistas com 11 triunfos consecutivos.

PUBLICIDADE:

Veteraníssimo das artes marciais mistas, Gegard Mousasi foi destronado após três defesas de cinturão e terá que refazer seu caminho na divisão dos médios, se ainda quiser ser campeão do mundo novamente. O holandês possui um cartel de 49 triunfos, oito reveses e dois empates como profissional.

Veja Também

A LUTA

Eblen começou o round mais ativo, chutando Mousasi na linha de cintura e atacando da média para a longa distância. Johnny fintou com a mão direita e acertou um lindo cruzado em Mousasi. Longo depois, Eblen acertou mais um golpe pesado de esquerda que fez o veterano dobrar os joelhos e ir a knockdown. Com Gegard colado na grade, Johnny quedou o seu rival, que ficou de costas para a grade. Usando a posição de três apoios para evitar ser golpeado, Mousasi respirava e tentava se recuperar do momento complicado. O campeão acertou uma boa combinação de jabs no desafiante e o round terminou com uma leve provocação de Eblen.

Mousasi voltou mais agressivo para a segunda parcial, mas Eblen se mostrava perigoso nos contragolpes. Após sofrer um perigoso contragolpe de encontro, Johhny, rapidamente, entrou em queda e derrubou o campeão. Mousasi tentou explodir para sair de baixo do desafiante, mas Johhny segurou bem o seu oponente e, mesmo de pé, seguiu grampeado. O campeão consegue se livrar da posição e tenta encurralar Eblen contra a grade. O desafiante acerta um bom cruzado, que balança Mousasi.

PUBLICIDADE:

Eblen entrou na terceira parcial combinando mais os golpes na luta em pé e , pressionando o campeão contra a grade na trocação. Johnny acerta um cruzado que pega raspando o rosto de Mousasi. O desafiante passou a se impor com autoridade, também na trocação e deixou o campeão sem ‘alternativa’ para a luta, até ali. Mesmo sem conseguir nenhuma queda durante o round, Eblen seguiu levando a vantagem, porém, agora, na trocação.

Eblen começa o round de forma explosiva, combinando um chute alto seguido de uma entrada em queda que deixa o campeão de costas na grade. Johnny grampeou o seu rival e foi tentar pegar o pescoço, mas Mousasi ainda conseguia, com muita dificuldade, rebater as investidas. Os dois atletas voltam ao centro do cage, mas Johhny logo consegue outra queda. Mousasi parece exausto fisicamente e não consegue sair da posição imposta pelo desafiante. Eblen ainda explode nos segundos finais e consegue acertar um cruzado antes do fim do round.

PUBLICIDADE:

No início do último round, Eblen começou provocando o campeão comalgumas fintas e golpes plásticos. Para ‘garantir’ o duelo, Johnny entrou nas pernas novamente e, sem nenhuma dificuldade, conquistou outra queda sobre o campeão. Ciente de sua vitória até ali, o desafiante apenas grampeou e travou o campeão com as costas na grade e golpeava de forma suave nas costelas do veterano. Gegard usava o pouco gás que ainda tinha para tentar explodir, mas Eblen, mais novo e com mais preparo físico, não deixou o campeão se levantar até o gongo soar.

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC