Rakhmonov deixa modéstia de lado, celebra finalização sobre Magny e provoca: ‘Achei que fosse defender’

Cazaque, que aplicou uma guilhotina com apenas dois segundos restantes no segundo round, comemorou desfecho no UFC Las Vegas 57

S. Rakhmonov em entrevista pós-evento. Foto: Reprodução/YouTube

Shavkat Rakhmonov deu mais uma amostra de seu talento no UFC Las Vegas 57, evento realizado no último sábado (25). Em luta válida pelo card principal, o cazaque foi bem e finalizou Neil Magny com uma guilhotina no segundo round. Após o evento, o lutador deixou a modéstia de lado, provocou o norte-americano por não aguentar a posição e celebra triunfo com sete segundos restantes no assalto.

PUBLICIDADE:

“Eu tinha uma boa posição. Era uma pegada interessante e eu estava confiante. Mas, como faltava pouco tempo, eu esperava que Neil (Magny) fizesse a defesa. Talvez, depois de dois rounds, ele não quis. Com essa pegada, eu preciso de apenas sete ou oito segundos para finalizar alguém para dormir”, disse Rakhmonov em entrevista pós-evento.

Veja Também

Com ritmo intenso, Rakhmonov fez mais uma vítima na carreira, passou por seu maior desafio e, agora, deve chegar ao top 10 da divisão dos meio-médios (até 77kg.), liderada pelo nigeriano Kamaru Usman. O cazaque, inclusive, faturou o prêmio de ‘Performance da Noite’ e levou mais US$ 50 mil (cerca de R$ 262 mil, na cotação atual) para casa.

PUBLICIDADE:

Profissional desde 2014, Rakhmonov mantém invencibilidade em 16 lutas na carreira, sendo a terceira vitória seguida. Ele tem oito nocautes e oito finalizações, além de nunca ter chegado à decisão dos juízes.

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59



Resultados do UFC San Diego Resultados da PFL 8 2022 Principais destaques do UFC San Diego Principais destaques da PFL 8 2022 Ranking dos meio-pesados do UFC