Shogun: ‘Todos querem que eu lute contra o Dan Henderson de novo, e eu também quero’

Brasileiro também falou sobre sua próxima luta, contra James Te Huna, em dezembro

Vindo de duas derrotas consecutivas, M.Shogun (foto) busca reencontrar o caminho das vitórias. Foto: Josh Hedges/UFC

Vindo de duas derrotas consecutivas, M.Shogun (foto) busca reencontrar o caminho das vitórias. Foto: Josh Hedges/UFC

Vivendo um momento de oscilação em sua carreira, Maurício Shogun quer retomar o caminho das vitórias e voltar a entreter os fãs com boas lutas. O brasileiro, que protagonizou com Dan Henderson a “Luta do ano de 2011”, reconhece que encarar Hendo novamente é um desejo do público e quer repetir a dose contra o veterano norte-americano.

“Luto com quem o UFC quiser. Não tenho problemas com isso. Todos querem que eu lute contra o Dan Henderson novamente, e eu também quero. Hendo é um bom lutador e eu respeito ele. Luto pelos fãs, pela minha família e pelo UFC”, disse Shogun, em entrevista ao site “MMA Interviews”. Em 2011, após cinco rounds, o brasileiro acabou derrotado por Henderson na decisão dos juízes. Na época, o presidente do Ultimate Dana White declarou que o combate foi um dos melhores da história.

O ex-campeão dos meio-pesados também falou sobre seu próximo desafio: o neozelandês James Te-Huna, na luta co-principal do UFC Fight Night 33. “James Te-Huna é um bom striker e eu gosto de lutar com caras assim. Eu estou treinando duro no Brasil e espero voltar a vencer. Ele tem a mão pesada e é um lutador de boxe profissional, mas o MMA é um esporte muito eclético e estou treinando tudo: muay thai, jiu-jitsu, wrestling… Estou treinando duro, porque essa luta é a minha vida”, finalizou o curitibano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments