Joanna Jedrzejczyk se diz feliz com aposentadoria, mas não descarta retorno por ‘cinturão BMF’

Ícone do MMA, polonesa revela ainda não ter parado para pensar em futuro após 'pendurar as luvas' no UFC 275

J. Jedrzejczyk se aposentou do MMA. Foto: Reprodução/Instagram @joannajedrzejczyk

Aposentada desde junho deste ano, Joanna Jedrzejczyk não descarta um retorno às artes marciais no futuro. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, a ex-campeã e lenda das palhas (até 52,1kg.) declarou que pode voltar pelo cinturão e o título simbólico ‘BMF’ no futuro.

PUBLICIDADE:

“Talvez eu possa voltar pelo cinturão feminino do ‘BMF’. Estou aposentada, mas talvez em lutasse pelo título do ‘BMF’. Não sei contra quem pois não existem tantas lutadoras duronas. Estive ocupada e, depois que lutei em Singapura, voltei para casa por apenas seis noites. Também fiquei na Europa por seis dias e em Las Vegas. Não tive tempo para sentar e pensar sobre minha aposentadoria e minha vida em geral. Estou feliz, mas ainda é difícil. É difícil para mim digerir”, disse Jedrzejczyk.

Veja Também

Considerada um dos maiores nomes da história da divisão das palhas, Joanna decidiu pendurar as luvas após uma sequência complicada de derrotas, com direito a uma ausência de pouco mais de dois anos do octógono. Ela, em seu retorno, foi nocauteada de forma brutal na revanche contra Weili Zhang e optou por encerrar sua trajetória nas artes marciais mistas.

PUBLICIDADE:

Em suas últimas sete lutas, a polonesa sofreu cinco reveses e encerrou sua carreira profissional com um cartel de 16 resultados positivos e cinco negativos.

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC