Aleksander Emelianenko descarta revanche com Cro Cop: ‘Ele está velho’

Lutador russo, derrotado pelo lendário croata em 2004, diz ter perdido o interesse em reeditar o combate

Aleksander-Emelianenko

Aleksander Emelianenko, que estava prestes a enfrentar novamente Mirko Cro Cop no segundo semestre de 2013 no evento Legend, não está mais interessado no combate.

Derrotado pelo croata em 2004, no extinto PRIDE, com um espetacular chute alto de esquerda, o irmão de Fedor Emelianenko teve de desistir da revanche após se envolver em uma confusão em Moscou, na Rússia, quando teria agredido um homem de 63 anos. O incidente lhe causou a demissão do evento, que substituiu Emelianenko por outro russo, Alexey Oleinik – vencedor do combate contra Cro Cop, por finalização.

No entanto, diante das últimas performances apresentadas pelo croata, Emelianenko disse ter perdido a vontade em devolver a derrota ao rival. “Ele está velho agora. Por que eu deveria batê-lo? Por quanto mais tempo ele continuará a lutar assim? Os promotores só o trouxeram para dar credibilidade ao show. E ele acompanha apenas para fazer mais dinheiro”, declarou o lutador, que disse não estar frustrado com os recentes acontecimentos.

“Não sou eu quem deveria estar frustrado. Os promotores e os fãs é quem deveriam estar frustrados. Os promotores decidiram economizar ao me substituir por Oleinik”, criticou o russo, que desafiou seu compatriota.

“Se Oleinik quiser lutar comigo, eu o vencerei. Eu o esmagaria em pé, ou, se a luta for para o chão, o estrangularei”, determinou.

A última atuação de Emelianenko foi em julho deste ano, quando nocauteou o brasileiro Rodrigo Dragão em Moscou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments