Chandler enaltece ‘ressurgimento’ e aposta em vitória de Charles do Bronx contra Makhachev no UFC 280

Norte-americano discorda de favoritismo do russo nas casas de apostas e acredita em triunfo de ex-rival

C. Do Bronx (esq.) derrotou M. Chandler (dir.) no UFC 262, pelo cinturão dos leves. Foto: Reprodução/Instagram

Destaque dos leves (até 70,3kg.), Michael Chandler foi questionado sobre o confronto entre Charles do Bronx e Islam Makhachev, válido pelo UFC 280, e arriscou um palpite. O norte-americano revelou que não concorda com o favoritismo do russo nas casas de apostas, aprecia ressurgimento do brasileiro e aposta no ex-rival pelo cinturão vago da categoria.

PUBLICIDADE:

“Charles Oliveira. Acho que Charles Oliveira vai fazer o trabalho. Não que Islam (Makhachev) não seja muito elogiado e pode ser campeão no futuro, mas não tem razão para ele ser favorito na luta contra Charles Oliveira. O que ele (Do Bronx) fez nas últimas duas lutas, acabando com todo mundo que ele luta, é nada menos que incrível. O ressurgimento da carreira do Charles, que era relativamente desconhecido, teve altos e baixos e, agora, é o número um dos leves no planeta. Tem sido algo para se admirar. Então, coloque um pouco mais de respeito a Charles Oliveira. Acho que ele nocauteia ou finaliza”, destacou Chandler em conversa com jornalistas no UFC Londres.

Veja Também

Último campeão dos leves, Do Bronx tenta reconquistar o posto de ‘número um’ depois de perder o cinturão de forma polêmica na pesagem de luta contra Justin Gaethje. Em sua carreira, o brasileiro soma 33 triunfos e oito reveses, além de ser recordista de finalizações e bônus da organização. Ele lidera o ranking da categoria e vem de vitórias expressivas diante de nomes como o próprio Michael Chandler, além de Dustin Poirier, Justin Gaethje e Tony Ferguson.

PUBLICIDADE:

Makhachev, por sua vez, tem sua primeira oportunidade pelo cinturão. Pupilo da lenda Khabib Nurmagomedov, o russo conta com um retrospecto de 22 resultados positivos e apenas um negativo, sendo dez triunfos em série. Ele deve ter o apoio da torcida local em busca do título. Em sua trajetória, o lutador superou nomes como Arman Tsarukyan, Bobby Green, Gleison Tibau, Dan Hooker, Davi Ramos e Drew Dober.

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59