Lutador fala em ‘arrogância’ de Amanda Nunes após brasileira sugerir que optou por não nocautear rival no UFC 277

Destaque dos meio-médios, Belal Muhammad critica declaração de campeão depois de triunfo dominante em revanche com Julianna Peña

A. Nunes superou J. Peña no UFC 277. Foto: Reprodução/Instagram

A performance dominante de Amanda Nunes na revanche contra Julianna Peña segue repercutindo no universo do MMA. A declaração da brasileira após o UFC 277, quando afirmou que optou por não nocautear a rival, incomodou o destaque dos meio-médios (até 77kg.) da companhia, Belal Muhammad. Nas redes sociais, o atleta falou em ‘arrogância’ da brasileira, que passou pela venezuelana na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

“Ela soa muito arrogante ao dizer: ‘eu poderia ter nocauteado no primeiro round, se eu quisesse, mas preferi lutar cinco rounds para que, assim, pudesse provar quem era a melhor’. Deixe disso. Você não conseguiu nocauteá-la”, escreveu Muhammad.

Veja Também

No último fim de semana, Nunes subiu ao octógono para uma revanche imediata contra Peña cerca de sete meses após ter perdido o título para a adversária. O segundo encontro foi marcado por amplo domínio da brasileira, que anulou a rival, vencendo todos os assaltos, na visão dos juízes laterais.

PUBLICIDADE:

Com a vitória, Amanda retomou o cinturão perdido no UFC 269. Além da conquista, a baiana também reassumiu a liderança no ranking peso por peso feminino do Ultimate, ultrapassando Valentina Shevchenko.

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59



Resultados do UFC San Diego Resultados da PFL 8 2022 Principais destaques do UFC San Diego Principais destaques da PFL 8 2022 Ranking dos meio-pesados do UFC