Ex-desafiante dos médios, Paulo Borrachinha rompe relações com o empresário Wallid Ismail

Após alguns desentendimentos, o agente e o atleta do UFC decidiram encerrar o vínculo profissional que existia desde o início da carreira do lutador mineiro

W. Ismail e P. Borrachinha em entrevista coletiva antes do UFC 248 (Foto: Divulgação/UFC)

Após Deiveson Figueiredo, mais um grande nome do UFC acaba de romper relações com o empresário Wallid Ismail. Segundo informações do ‘Portal Vale Tudo’, o ex-desafiante dos médios (até 83,9kg) Paulo Borrachinha seguiu os passos do atual campeão dos moscas (até 56,7kg) e também não será mais agenciado pelo ex-lutador. Os dois trabalhavam juntos desde o início da carreira do atleta mineiro.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Deiveson Figueiredo rompe com empresário Wallid Ismail e revela motivo para o fim do acordo

Veja Também

Segundo o ‘PVT’, a relação entre os dois companheiros já vinha desgastada desde a luta de Borrachinha contra Marvin Vettori, em outubro de 2011. Na ocasião, o duelo seria válido pela divisão dos médios, entretanto, o brasileiro não conseguiu fazer o seu corte de peso da forma correta, o que obrigou o empresário a renegociar os termos da luta contra o italiano para a categoria dos meio-pesados (até 93kg), faltando pouco mais de 24 horas para o show. Wallid também criticou Paulo posteriormente, por achar injusta as reclamações e críticas do seu então pupilo à Dana White e ao UFC.

PUBLICIDADE:

Sexto colocado no ranking dos médios, Borrachinha vive momento delicado na empresa, com duas derrotas consecutivas e com apenas uma luta restante em seu atual contrato. Em seu provável último duelo na organização, o lutador mineiro irá enfrentar o norte-americano Luke Rockhold no UFC 278, programado para o dia 20 de agosto. O atleta tupiniquim possui um cartel de 13 triunfos e dois reveses no esporte.

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59