VÍDEO: Ex-desafiante e nocauteador nato; relembre grandes momentos de Thiago Marreta no UFC

Para esquentar o UFC Las Vegas 59, o SUPER LUTAS lembra as melhores histórias do lutador carioca vestindo as luvas da organização

T. Marreta posa para foto antes do UFC Las Vegas 59 (Foto: Instagram/@ufc)

Apesar do momento complicado que vive na carreira, o carioca Thiago Marreta já colecionou grandes histórias em seus quase 10 anos como contratado do Ultimate. O lutador brasileiro já disputou o cinturão dos meio-pesados (até 93kg) contra a lenda Jon Jones e também nocauteou 10 adversários dentro do octógono mais famoso do mundo. Como aquecimento para o UFC Las Vegas 59, o SUPER LUTAS relembra alguns dos melhores momentos do atleta tupiniquim na organização.

PUBLICIDADE:

Veja Também

A primeira vitória

T. Marreta nocauteia R. Markes no UFC 163 (Foto: Divulgação/UFC)

Derrotado por Cézar Mutante na final da segunda edição do reality show ‘The Ultimate Fighter’, Thiago Marreta subiu ao octógono do UFC Natal pressionado para enfrentar o então favorito Ronny Markes. Entretanto, o carioca da Cidade de Deus precisou de apenas 53 segundos para bater o seu adversário e ‘quebrar a banca’. Ainda nos segundos iniciais, Marreta acertou um chute na costela de Ronny, que caiu sentindo dores. O ex-PQD explodiu para cima do seu rival e após uma chuva de golpes, o árbitro interrompeu o confronto e decretou a vitória de Thiago.

PUBLICIDADE:

A primeira sequência positiva

T. Marreta nocauteia N.Marquardt no UFC 198 (Foto: Divulgação/UFC)

Embalado por três vitórias consecutivas na organização, Thiago Marreta foi escalado para o estrelado card do UFC 198, em Curitiba, diante do veterano Nate Marquardt. Ainda no primeiro round, o brasileiro deu uma blitz para cima norte-americano e acertou uma sequência de golpes que derrubou o seu rival. O atleta tupiniquim nem precisou aplicar mais nenhum golpe, pois o árbitro chegou para encerrar o confronto.

Após a vitória sobre Nate, Marreta sofreu dois reveses seguidos e ficou novamente em situação de risco na organização. Entretanto, o brasileiro conseguiu se recuperar novamente e emendou outras quatro vitórias consecutivas. Após almejar novamente a elite da divisão dos médios, sua categoria de peso até então, o atleta tupiniquim foi freado pelo também veterano David Branch, com um nocaute no primeiro round.

PUBLICIDADE:

Rumo a disputa de cinturão

Marreta (dir.) venceu Blachowicz (esq.) no UFC Praga. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Após vencer Kevin Holland em abril de 2018, Marreta decidiu subir para a divisão dos meio-pesados (até 93kg). Na nova faixa de peso, o brasileiro bateu Eryk Anders e Jimi Manuwa. Diante do cenário de terra arrasada que Jon Jones deixou a categoria, o atleta tupiniquim enfrentou o polonês Jan Blachowicz na luta principal do UFC Praga, em fevereiro de 2019.

PUBLICIDADE:

Em um duelo equilibrado até o terceiro round, Blachowicz tentou explodir para cima de Marreta, que conseguiu esquivar e acertou um potente cruzado de esquerda que levou o polonês à knockdown. Com Jan caído, Thiago ainda acertou uma ‘chuva’ intensa de golpes, até a interrupção do árbitro Herb Dean. Com o triunfo por nocaute, o lutador carioca se consolidou como próximo desafiante do então campeão absoluto Jon Jones.

Apesar dos bons momentos protagonizados na organização, Marreta vive momento delicado no Ultimate, com quatro derrotas em suas últimas cinco lutas. No UFC Las Vegas 59, que acontece no próximo sábado (06), o atleta tupiniquim irá enfrentar o norte-americano Jamahal Hill, no combate principal do evento.

Confira todos os nocautes de Thiago Marreta no UFC

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59