Bisping sobre provocações de Kennedy: ‘Está fazendo um bom trabalho para apanhar’

Britânico já admite incluir o norte-americano na lista de prováveis oponentes para seu próximo combate

M. Bisping (foto) finalmente rebateu as provocações de T. Kennedy. Foto: Josh Hedges/UFC

M. Bisping (foto) finalmente rebateu as provocações de T. Kennedy. Foto: Josh Hedges/UFC

Após ignorar as provocações de Tim Kennedy durante o ano de 2013, o polêmico Michael Bisping resolveu finalmente responder o norte-americano. Em entrevista ao site “Bloody Elbow”, o inglês reconheceu que, depois um tempo, as palavras de Kennedy começaram a atingi-lo e admitiu que o ex-combatente do exercito dos Estados Unidos é um nome que ele já cogita para seu retorno ao octógono.

“Em um mundo perfeito, eu gostaria de fazer uma luta no meu retorno que me levasse à disputa do cinturão. Esse ainda é o meu sonho. A divisão dos médios está muito parada, então poderiam ser Ronaldo Jacaré, Lyoto Machida ou Luke Rockhold. A lista é imensa. Mark Muñoz e eu concordamos em lutar, pode ser que haja algum assunto a resolver por aí.  Mas Tim Kennedy está fazendo um bom trabalho para conseguir apanhar na cara. Se ele continuar falando, pode incluir Tim Kennedy nessa lista”, disparou Bisping.

O britânico ainda explicou a mudança de opinião com relação ao rival e menosprezou o cartel de Kennedy no UFC, que inclui uma vitória sobre o brasileiro Rafael Sapo. ” A resposta para o porquê eu decidir me divertir em uma luta contra Tim Kennedy é muito simples. Ele fez três lutas no UFC contra ninguém, e nem foi tão bem assim nelas. Ele vem me desafiando há muito tempo, e no começo eu não respondia porque seria dar a ele o que ele desejava. Ele quer se promover. Mas ele exagerou, e vem me colocando contra a parede. Agora eu quero muito acertar a sua cara, ainda mais sendo pago para isso. Acho que vou ligar ao UFC para ganhar uma grana e bater nele”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments