Johnny Walker esclarece suposta expulsão no UFC 279 e comemora grande vitória no evento: ‘Estou de volta’

Carrasco de Ion Cutelaba no último fim de semana, brasileiro analisa compromisso e nova fase na carreira

De bem com a vida depois de retornar ao caminho das vitórias no Ultimate, Johnny Walker tem motivos de sobra para sorrir. Destaque no UFC 279, quando finalizou Ion Cutelaba ainda no primeiro round, o brasileiro falou com exclusividade ao SUPER LUTAS sobre o resultado positivo e também esclareceu sobre a suposta expulsão após sua apresentação.

No sábado (10), Walker subiu no octógono pressionado por um triunfo. Antes de bater Cutelaba, o meio-pesado (até 93kg.) acumulava quatro tropeços nos últimos cinco desafios.

PUBLICIDADE:

Análise da luta

O UFC 279 marcou um confronto de ‘tudo ou nada’ para Johnny. Promessa brasileira na companhia, o lutador, então, avalia o desafio e comemorou a finalização conquistada diante do rival.

“Para mim, foi uma satisfação muito grande. Ele (Cutelaba) não me machucou, não me acertou nenhum golpe contundente. Não fiquei nervoso, não tive preocupação. Estava muito confiante com meu treino. O mais importante na hora da luta é quando você olha seu adversário e não vem nada na sua mente. Estava tranquilo. O que ele fizesse, estava pronto. Quando você não duvida de você, pode chover canivete que não vai acontecer nada. Onde quiser brincar, a gente brinca”, afirmou.

PUBLICIDADE:

Evolução

Quando chegou ao Ultimate, Walker caiu nas graças da torcida depois de massacrar os três primeiros rivais no round inicial. O atleta, porém, conheceu o revés ao medir forças com o antigo destaque Corey Anderson, que deu o pontapé inicial para o momento de instabilidade do tupiniquim. Agora, novamente em alta, o atleta ressalta a retomada da confiança.

“Agora, a máquina engrenou. Mudei o que tinha que mudar, melhorei o que tinha que melhorar. Agora, o treino está bom, os treinadores, dieta, fisioterapia, cabeça. Estou de volta”, contou.

PUBLICIDADE:

Expulsão no UFC 279

Momentos após superar Ion Cutelaba, as redes sociais foram agitadas com uma publicação do técnico de Walker, John Kavanagh, afirmando que ele e seu pupilo haviam sido expulsos da T-Mobile Arena. O suposto incidente logo ganhou força e Johnny explica o ocorrido.

“Não é que expulsaram. Dei as entrevistas que tinha que dar. Perguntei se podia voltar para a arena e disseram que não. Precisa de ingresso. Não tiro a razão. A arena estava lotada. Onde eu ia me sentar, se não tinha lugar. Eu tinha os ingresso. Dei para dois amigos e duas meninas, minha mulher e a mulher do Michel (Pereira). É meio estranho. Acabei de dar um show para a galera e nem posso ficar em um cantinho. Não tinha ingresso e não podia entrar. Não entendi nada. Estava sem chinelo, tênis, a luva na mão ainda. Mas estou pouco me lixando. Ganhei o bônus, minha bolsa de vitória”, encerrou.

Leia Mais sobre: , , , ,


Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301 Resultados do UFC Las Vegas 91 Resultados do UFC 300