Em jogo da NBA, José Aldo tieta Carmelo Anthony e Manny Pacquiao | SUPER LUTAS

Em jogo da NBA, José Aldo tieta Carmelo Anthony e Manny Pacquiao

Brasileiro prolongou sua estadia em Nova York e assistiu ao jogo do New York Knicks contra o Portland Trail Blazers

Aldo com Pacquiao (esq.) e Carmelo Anthony (dir.) após jogo dos Knicks. Foto: Reprodução/Facebook

Aldo com Pacquiao (esq.) e Carmelo Anthony (dir.) após jogo dos Knicks. Foto: Reprodução/Facebook

Após mais uma defesa bem sucedida  cinturão dos pesos penas, contra Ricardo Lamas no UFC 169, o brasileiro José Aldo aproveitou para esticar a estadia em Nova York e passear pela maior cidade dos Estados Unidos. O lutador foi ao Madison Square Garden e acompanhou a partida entre o New York Knicks e o Portland Trail Blazer, válida pela temporada regular da NBA (liga de basquete norte-americana).  Após o jogo, Aldo publicou, em seu perfil oficial no Facebook, fotos com o astro Carmelo Anthony e o pugilista Manny Pacquiao.

“Alguém sabe quem é essa fera da NBA?”, perguntou José Aldo a seus seguidores na rede social. Entre todas as respostas, uma se destacou pelo bom humor. “Lógico, quem não conhece essa fera? José Aldo é o cara. Agora, o outro ao lado eu não sei quem é (risos)”, respondeu um fã, na imagem em que Aldo aparece ao lado de Carmelo Anthony. Na fotografia com Pacquiao, Aldo demonstrou todo seu respeito pelo único pugilista a conquistar cinturões em oito categorias diferentes. “É muito boxe, Pacman!”, escreveu o manauara, fazendo referência ao apelido do filipino.

Aos 27 anos, José Aldo possui um cartel de 24 vitória e apenas uma derrota como profissional. O brasileiro está invicto desde 2005, quando sofreu o único revés de sua carreira, e de lá pra cá já conquistou 17 vitórias consecutivas. Aldo é, até hoje, o único detentor do cinturão dos penas do UFC, já que foi promovido à condição logo quando migrou do WEC, evento adquirido pelo Ultimate e do qual era campeão. Após seis defesas de título na principal organização de MMA do planeta, o manauara agora já começa a planejar uma superluta contra o campeão dos leves Anthony Pettis. Segundo o presidente do UFC Dana White, Aldo deverá abrir mão do seu cinturão e lutar contra o rival na categoria até 70 kg. Porém, o dirigente garantiu ao brasileiro uma disputa de título imediata em seu retorno aos penas, caso ele seja derrotado por Pettis.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments