TUF Brasil 3: Técnicos escolhem times e Wanderlei abre 1×0 sobre Sonnen

No terceiro episódio do programa, Wagnão Gomes passou por Joilton Pelegrino e está nas semifinais

wagnao_gomes_x_joilton_peregrino_3Os times do TUF Brasil 3 estão definidos! Depois de dois episódios com seletivas e polêmicas entre os técnicos Wanderlei Silva e Chael Sonnen, no terceiro programa da série os comandantes selecionaram suas equipes. Ainda na edição aconteceu a primeira luta e Wagnão Gomes, do time de Wand, bateu Joilton Pelegrino, da equipe de Sonnen, na decisão dividida dos juízes e se garantiu na semifinal entre os pesos médios.

O episódio

No início do programa a edição relembrou o primeiro problema entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen no episódio anterior. Wanderlei exigia que o norte-americano se desculpasse por suas piadas sobre o Brasil, mas o norte-americano não aceitou. Silva ameaçou deixar o programa, mas voltou atrás e aceitou continuar as gravações. “O show não é nosso, é dos lutadores. A gente está aqui só para orientá-los, para treiná-los”, disse.

No cara ou coroa, Wand levou a melhor e preferiu ter o direito de escolher a primeira luta, deixando para Sonnen a oportunidade de selecionar o primeiro atleta. O norte-americano iniciou pelos pesos médios e pegou Marcio Lyoto. Por sua vez, Ricardo Demente foi o primeiro selecionado de Silva.

Confira como ficaram os times no TUF Brasil 3:

TIME CHAEL SONNEN

– Pesos médios: Marcio Lyoto, Joilton Pelegrino, Warlley Alves e Guilherme Bomba

Pesos pesadosMarcos Pezão, Vitor Miranda, Edgard Magrão e Cabo Job

TIME WANDERLEI SILVA

Pesos médios: Ricardo Demente, Paulo Borrachinha, Wagnão Gomes e Ismael Marmota

Pesos pesados: Antonio Cara de Sapato, Jollyson Sosaleta, Rick Monstro e Antonio Montanha

Wanderlei empurra Sonnen

Após a escolha dos times, Wanderlei Silva se dirigiu aos lutadores para desejar boa sorte no TUF. Chael Sonnen não perdeu a oportunidade e provocou o rival. “Não chame isso de TUF, chame de Show do Wanderlei. Chame do que você quiser, seu idiota”, disparou.

Neste momento Wanderlei se aproximou de Sonnen e o empurrou. O norte-americano, entretanto, não descruzou os braços e pareceu não se importar com a irritação do brasileiro.

wanderlei_x_sonnen

A luta

Com o direito de escolher a primeira luta do programa, Wanderlei Silva preferiu começar pela divisão de médios. Ele selecionou Wagnão Gomes para representar seu time e Joilton Pelegrino pela equipe de Chael.

O combate entre Wagnão e Pelegrino foi disputado do principio ao fim. O atleta do time de Wand encurtou a distância e tentou uma queda. Por cima, ele usou bem os socos por cima. Mas Pelegrino conseguiu inverter a posição e somar pontos no solo.

No segundo round, Wagnão foi quem esteve melhor. No solo, ele não deu espaços para o rival e depois de trabalhar por cima tentou finalizar com um estrangulamento, mas sem sucesso.

Com o duelo empatado, a decisão foi para o teceiro assalto. Os lutadores, já bastante cansados,  foram cuidadosos e preferiram não se expor.

Wagnão acertou bom cruzado na luta em pé e e derrubou o rival, onde ficou por cima durante boa parte da parcial. Peregrino se levantou restando um minuto e meio e tentou dar o troco, mas sem grande efetividade.

No fim, vitória de Wagnão Gomes na decisão dividida dos juízes.

Próximo programa

No final do episódio a edição mostrou o que está por vir no programa. Brigas, lesões, festas e a dispensa do lutador que agrediu Chael Sonnen na casa. Mas no quarto episódio do TUF Brasil 3 será a vez dos pesos pesados entrarem em ação.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário