Presidente do Fury FC revela bastidores de erro grotesco de árbitro que atentou contra vida de lutador

Eric Garcia alega que árbitro Frank Collazo afirmou não ter percebido momento que Gianni Vasquez ficou inconsciente

Árbitro Frank Collazo teve atuação desastrosa na luta principal do Fury FC (Foto: Reprodução/Twitter)

Na semana passada o MMA ficou marcado negativamente após o árbitro Frank Collazo não perceber que Gianni Vasquez havia apagado enquanto Edgar Chairez aplicava uma finalização. Presente na arena e próximo ao octógono, Eric Garcia, presidente do Fury FC, revelou detalhes do momento de tensão e destacou o desespero que sentiu enquanto assistia a cena.

“De onde eu estava sentado, parecia que Vázquez começou a apagar. Eu podia vê-lo se movendo um pouco, então eu fico tipo, ‘Talvez ele não esteja fora’. Então você meio que o vê entrar em colapso. Você sabe que ele está fora. Então agora eu fico tipo, ‘OK, o que está acontecendo?’ Eu me levanto e começo a gritar: ‘Ei, a luta acabou. Acabou. Para. Para. Para. Parem com a luta’. Nada. Rich está no suporte da câmera gritando: ‘Ei, acabou, pare com isso’, tentando chamar a atenção de Frank. Nada. Nesse ponto, eu corro da mesa em que estou sentado e tento correr para onde está a porta do octógono, porque eu ia tentar subir as escadas e dizer: ‘Ei, acabou’. Quando me aproximei, Gianni bateu, e Frank parou a luta”, revelou Eric.

PUBLICIDADE:

Veja Também

durinho-mcgregor

Logo após o ocorrido, o presidente contou que foi até o árbitro e questionou sua atitude. Segundo o mandatário, Frank alegou que não percebeu o lutador apagado.

“Eu fiquei tipo, ‘Frank, o que a aconteceu? O que está acontecendo? Esse garoto estava dormindo. Ele diz: ‘Ele não estava dormindo’. Eu disse: ‘Ele estava fora, cara. Ele apagou’. Ele diz: ‘Ele não estava fora. Eu tinha meus olhos nele o tempo todo. Ele não estava fora’. Não sei o que ele viu, mas certamente não foi o que vimos”, concluiu o presidente.

PUBLICIDADE:

Frank Collazo e Edgar Chairez após fim do confronto. Foto: Reprodução/Fury FC

Protagonistas da luta principal do Fury FC 76, os atletas se enfrentaram até o quarto round. Apesar de ter ficado inconsciente, Gianni teve tempo para acordar e bater em desistência após o adversário trocar o triângulo (chave que sufoca o atleta) pela chave de braço. Independente dos três tapas, o lutador teve uma contusão enquanto seu braço era esticado.

PUBLICIDADE:

Leia Mais sobre: , , , , ,


Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301 Resultados do UFC Las Vegas 91 Resultados do UFC 300