Dan Henderson justifica luta em maio: ‘É o caminho mais rápido para o título’

Veterano norte-americano voltará ao UFC apenas dois meses após seu último combate, quando derrotou Shogun

Henderson (foto) enfrenta Cormier em maio. Foto: Divulgação

Henderson (foto) enfrenta Cormier em maio. Foto: Divulgação

Quando venceu Maurício Shogun no UFC Natal, no fim de março, Dan Henderson afirmou que pretendia ficar um tempo afastado das lutas para descansar. Porém, a comunidade do MMA se surpreendeu com o anúncio de que o veterano voltará à ativa já em maio, quando enfrentará Daniel Cormier no co-evento principal do UFC 173.

Em entrevista ao podcast “The MMA Hour”, Henderson justificou o motivo de ter retornado tão cedo. “Eu estava esperando lutar em julho, mas as coisas aconteceram e por algum motivo anteciparam para maio. É o caminho mais rápido para disputar o título, e não importa com quem eu lutar, quero disputar o cinturão. E é isso que DC é, então tenho de batê-lo de qualquer forma”, explicou.

Henderson admitiu que temia com a chance de ser flagrado no exame antidoping para o combate em maio, já que, até março, ele utilizou a terapia de reposição de testosterona (TRT), o que agora é proibido no MMA. “Obviamente eu estava preocupado. Quero ter certeza que não testarei positivo, porque mudaram as regras e me colocaram em uma luta muito rapidamente. Mas tudo está como o esperado e eles estão felizes com os resultados de meus exames, então lá vamos nós”, disse.

Para vencer o invicto Cormier, Henderson diz que não há segredos. “ Socá-lo e superá-lo no wrestling. É algo simples. Ele tem um estilo similar ao meu e ele é um cara duro, mas sinto que tenho mais experiência”, comentou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments