Cara de Sapato supera Vitor Miranda e é campeão do TUF Brasil 3 nos pesados

Paraibano faturou a vitória por decisão unânime dos juízes e garantiu contrato com o UFC

Cara de Sapato (foto) faturou o TUF Brasil 3 entre os pesados. Foto: Luiz Pires/UFC

Cara de Sapato (foto) faturou o TUF Brasil 3 entre os pesados. Foto: Luiz Pires/UFC

Mesmo admitindo que pode vir a lutar até mesmo entre os pesos médios, Antônio Cara de Sapato é o campeão do TUF Brasil 3 na categoria de pesos pesados. Neste sábado (31), no TUF Brasil 3 Final, o paraibano venceu Vitor Miranda por decisão unânime dos juízes e faturou o título do reality show.

Durante o primeiro round, apesar de ter sua base no jiu-jitsu, Antônio Cara de Sapato aceitou a luta em pé, especialidade de Vitor Miranda. Por sua vez, Vitor apostava nos chutes baixo, até o momento em que sofreu uma queda e a luta para o solo. No fim da parcial, Antônio conseguiu sua segunda queda no round e garantiu a vantagem.

O segundo assalto começou com um bom momento para Cara de Sapato, que segurou um chute de Vitor e levou a luta para o solo. No chão, o paraibano chegou a conseguir a montada, mas Vitor acabou resistindo ao mal momento. Depois disso, Miranda ficou por cima e passou a agredir mais o adversário. No último round, foram poucas as emoções, mas o domínio de Cara de Sapato, que passou quase cinco minutos em posição de vantagem no solo, foi notório.

Ao fim do combate, o trio de árbitros foi unânime em declarar Antônio Cara de Sapato como vencedor do duelo. O companheiro de treinos de Junior Cigano agora tem um cartel de quatro vitórias e nenhuma derrota como profissional. Com o triunfo sobre Vitor, Cara de Sapato sagrou-se campeão do TUF Brasil 3 e garantiu contrato com o UFC.

Confira abaixo todos os resultados do TUF Brasil 3 Final:

Fábio Maldonado x Stipe Miocic;

Antônio Cara de Sapato derrotou Vitor Miranda por decisão unânime;

Warlley Alves derrotou Márcio Lyoto por finalização no R3;

Demian Maia derrotou Alexander Yakovlev por decisão unânime dos juízes;

Robbie Peralta derrotou Rony Jason por decisão dividida dos juízes.

CARD PRELIMINAR

Rashid Magomedov derrotou Rodrigo Damm na decisão unânime dos juízes;

Elias Silvério derrotou Ernest Chavez por finalização no R3;

Gasan Umalatov derrotou Paulo Thiago na decisão unânime dos juízes;

Kevin Souza derrotou Mark Eddiva por nocaute técnico no R2;

Ricardo Demente derrotou Wagnão Silva por finalização no R2;

Marcos Rogério Pezão derrotou Rick Monstro por nocaute técnico no R1;

Pedro Munhoz derrotou Matt Hobar por nocaute técnico no R1.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments