Gustafsson pede a Jon Jones: ‘Seja homem, assine o contrato e pare de correr’

Sueco deixa em aberto a possibilidade de negar um suposto terceiro combate caso Jones continue evitando enfrentá-lo

Gustafsson (foto) acredita que luta com Manuwa não passará do segundo round. Foto: Divulgação/UFC

Gustafsson (foto) mandou recado a Jones. Foto: Divulgação/UFC

Alexander Gustafsson se posicionou de maneira bem clara referente à polêmica envolvendo sua revanche contra Jon Jones. Em seu perfil no Facebook, o sueco não mediu palavras para pedir que o atual campeão dos meio-pesados do UFC assine o contrato para a luta e lhe dê uma nova oportunidade de disputar o cinturão.

Jon Jones, seja homem, seja um campeão, assine o contrato para a luta e pare de correr”, escreveu Gustafsson. “Cedo ou tarde você terá de me enfrentar, então faça com que seja logo! Os fãs querem essa luta, o UFC quer essa luta e eu quero essa luta. Eu mereço.”

MAIS SOBRE A NOVELA JONES-GUSTAFSSON:
Dana White: ‘Jon Jones não quer lutar contra Gustafsson’
Em vídeo, Jon Jones rebate: ‘É minha carreira, não de vocês’
Presidente do UFC responde: ‘Gustafsson é o próximo da fila’

Gustafsson inclusive cogitou a possibilidade de negar a Jones um terceiro combate caso a revanche saia e o sueco se consagre vencedor. “Tenha em mente que depois que eu te vencer e me tornar o campeão, eu posso fazer o mesmo com você caso você queira uma revanche, como vingança por você não aceitar meu desafio”, ameaçou.

Jones e Gustafsson já se enfrentaram, naquela que foi considerada a “Luta do ano” de 2013. Após cinco rounds de intensa disputa, Jones foi nomeado o vencedor na decisão dos juízes. Depois disso, o sueco derrotou Jimi Manuwa em março, garantindo o direito de disputar o cinturão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments