Fedor Emelianenko se diz contrário à presença de mulheres no MMA

Ídolo de Ronda Rousey, lendário lutador russo afirma que mulheres devem ‘tomar conta da casa e criar seus filhos’

F. Emelianenko (foto) permaneceu invicto como profissional por uma década. Foto: Divulgação

F. Emelianenko (foto) permaneceu invicto como profissional por uma década. Foto: Divulgação

Cada vez mais as mulheres estão em alta no MMA mundial. No UFC, a campeã dos galos, Ronda Rousey, se torna mais popular a cada dia que passa, sendo que o presidente da organização, Dana White, já afirmou que ela é a maior estrela com quem a companhia já trabalhou. Além disso, até o fim do ano, o UFC passará a ter a categoria palha feminina, cuja campeã sairá de uma das temporadas do The Ultimate Fighter.

Porém, um dos maiores nomes da história do MMA não é favorável à presença de mulheres no esporte. Fedor Emelianenko afirmou que há outros esportes a serem praticados por mulheres sem que isso interfira na sua feminilidade. “Eu respeito as garotas que defendem a honra do país nas Olimpíadas, no wrestling, no boxe. Mas não apoio o MMA feminino. Uma mulher deve tomar conta da casa, criar seus filhos e ser feminina. Há vários esportes que podem ajudar nisso, mas o MMA não é um deles”, opinou o russo, em entrevista à emissora CTV (com tradução do site norte-americano Bleacher Report).

Curiosamente, Emelianenko é o grande ídolo de Ronda Rousey, que chegou a afirmar no passado que aceitaria ter “57 filhos” do russo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments