Arlovski reprova rótulo de ‘queixo de vidro’: ‘Acho que isso é tudo besteira’

Ex-campeão dos pesados, bielorrusso enfrentará Brendan Schaub neste sábado (14) em seu retorno ao UFC

Arlovski (foto) está de volta ao UFC. Foto: Divulgação/WSOF

Arlovski (foto) está de volta ao UFC. Foto: Divulgação/WSOF

Durante boa parte de sua carreira, Andrei Arlovski teve de lidar com um incômodo rótulo. O lutador, que já sofreu sete nocautes na carreira, é chamado pelos fãs de MMA de “queixo de vidro”, apelido dado àqueles que sucumbem facilmente a golpes.

Em entrevista ao jornal norte-americano USA Today, Arlovski mostrou irritação com o assunto. O bielorrusso, que fará seu retorno ao UFC neste sábado (14), afirmou que já deu exemplos em que suportou castigo. “Acho que isso é tudo besteira. As pessoas dizem que eu tenho um queixo de vidro, mas quando eu lutei com Anthony Johnson, o árbitro cochilou e eu quebrei minha mandíbula no primeiro round porque o árbitro cometeu um erro. Lutei por dois rounds com a mandíbula quebrada em dois lugares, e ele não conseguiu me nocautear”, explicou Arlovski. “Na categoria dos pesados, se você conectar um soco que seja realmente bom no lugar certo, todo mundo irá cair.”

No UFC 174, Arlovski enfrentará Brendan Schaub, atual 14º colocado no ranking dos pesados do Ultimate. “Ele é durão, está no ranking do UFC. Eu sequer estou no top 25, então é um luta importante para mim. Preciso provar que sou um dos melhores lutadores do mundo, e, para isso, tenho de bater todo mundo que está à minha frente”, concluiu o ex-campeão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments