José Aldo sofre contusão e está fora de revanche contra Chad Mendes

Brasileiro se machucou após sofrer uma queda nos treinos; UFC ainda não sabe se manterá norte-americano no evento

J.Aldo (foto) está invicto desde 2006, quando sofreu a única derrota de sua carreira. Foto: Josh Hedges/UFC

J.Aldo (foto) está invicto desde 2006, quando sofreu a única derrota de sua carreira. Foto: Josh Hedges/UFC

A aguardada revanche entre José Aldo e Chad Mendes, que estava marcada para o dia 2 de agosto, terá de ser adiada. Isso porque o atual campeão dos penas do UFC sofreu uma lesão durante os treinamentos e teve de ser retirado do card o evento de número 176, que acontecerá na cidade de Los Angeles (EUA).

O UFC ainda não se pronunciou sobre uma possível permanência de Mendes no evento, nem sobre qual será a luta que passará a ser o main-event da noite. O combate entre Aldo e Mendes seria a reedição do encontro de janeiro de 2012, quando o brasileiro venceu por nocaute no primeiro round no Rio de Janeiro.

Em entrevista ao site do canal “Combate”, o treinador de Aldo, Dedé Pederneiras, deu detalhes da lesão que tirou o brasileiro de combate. “Semana passada, ele estava treinando e tomou uma queda. Quando foi apoiar a mão, escorregou, bateu a cabeça e o ombro muito forte no chão. Aí começou a reclamar de muita dor. Ligamos para o médico e ele pediu uma ressonância de urgência para dar uma olhada. No dia seguinte, foi constatada mais uma hérnia de disco na cervical. O impacto foi em cima da hérnia anterior que ele já tinha. Foi constatado que ele tem uma diminuição no forame. Ele também está com uma pequena lesão no labrum. Lamentamos muito, mas é uma coisa do esporte. O Aldo está muito triste. É uma luta muito importante para ele e a gente espera, no futuro, que essa luta aconteça. Ela vai acontecer de qualquer jeito, mas não no momento, porque ele precisa se recuperar”, contou.

Aldo já entrou no UFC como campeão da categoria dos penas, já que detinha o cinturão do extinto evento WEC, adquirido pelo Ultimate. Ele já fez seis defesas de cinturão bem-sucedidas, a última delas contra Ricardo Lamas, em fevereiro. Mendes, por sua vez, conquistou cinco vitórias desde sua derrota para Aldo, o que o credenciou novamente a lutar pelo título.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments