Irritado, José Aldo responde a críticas e chama Chad Mendes de ‘frouxo’

Campeão dos penas do UFC rebateu declarações de norte-americano e acusa rival de tomar substâncias ilegais

Aldo (foto) se irritou com declarações de Mendes. Foto: Josh Hedges/UFC

Aldo (foto) se irritou com declarações de Mendes. Foto: Josh Hedges/UFC

A rivalidade entre José Aldo e Chad Mendes finalmente pegou fogo. Após as recentes críticas feitas pelo norte-americano ao brasileiro, o campeão dos penas do UFC respondeu à altura, prometendo que irá derrotar novamente o rival.

Aldo e Mendes se enfrentariam no UFC 176, no dia 2 de agosto, em Los Angeles (EUA), em combate que seria a revanche da luta em janeiro de 2012, quando o brasileiro venceu por nocaute no Rio de Janeiro (RJ).

Contudo, Aldo sofreu uma contusão que o obrigou a desistir do combate, o que deixou Mendes revoltado. O desafiante mostrou muita irritação com o cancelamento da luta, dizendo que Aldo estaria correndo da revanche e que não aceitaria enfrentar o campeão novamente no Brasil.

Em carta enviada ao site do canal “Combate”, Aldo se mostrou aborrecido com as acusações de Mendes. “Com relação a estar fugindo dele, então presumo que ele está me chamando de frouxo. E isso é uma coisa que sai do campo do esporte, que é o MMA. Por isso o que vou falar para ele é o seguinte: você não sabe onde eu nasci, o que passei para estar vivo até hoje, de onde eu vim. E também no mínimo não sabe nada sobre minha carreira dentro do MMA”, comentou.

Aldo, também ironizou os “suplementos” tomados pelo norte-americano, insinuando que o rival esteja tomando substâncias ilegais. “Com relação às minhas lesões, talvez eu tenha tantas porque não devo estar tomando os mesmos ‘suplementos’ que você toma. Tenho lesões porque treino muito para meter a porrada em você, como fiz da última vez, e acho que você deve lembrar e ter pesadelos até hoje com isso. Eu fiz todos os exames médicos necessários, mas se você agora é médico, posso mandar os exames para você avaliar. Quem sabe você não me receita um dos seus suplementos para eu melhorar mais rápido?”, provocou.

Mendes (esq.) não poupou Aldo (dir.) após anúncio de sua saída do UFC 176. Foto: Josh Hedges/UFC

Mendes (esq.) não poupou Aldo (dir.) após anúncio de sua saída do UFC 176. Foto: Josh Hedges/UFC

No fim da carta, Aldo respondeu à recusa de Mendes em vir ao Brasil novamente para enfrentar o campeão. “Quem parece só querer lutar em casa é você, que não quer lutar no Brasil de jeito nenhum. Eu já me lesionei antes de lutar no Brasil contra o Frankie Edgar e depois fui a Las Vegas lutar. Eu já lutei aí na sua casa [Sacramento] contra seu professor [Urijah Faber], já lutei na casa do Mark Hominick com 55 mil pessoas, já lutei no Japão, na Europa. E você me diz que vai ser campeão? Campeão não escolhe adversário e nem local onde vai lutar, agora eu te pergunto quem é o verdadeiro FROUXO?”, concluiu.

Confira a carta de José Aldo na íntegra:

Fiquei sabendo das declarações do Chad Mendes, e tenho algumas dúvidas e perguntas para ele. Com relação a estar fugindo dele, então presumo que ele está me chamando de frouxo. E isso é uma coisa que sai do campo do esporte, que é o MMA. Por isso o que vou falar para ele é o seguinte: você não sabe onde eu nasci, o que passei para estar vivo até hoje, de onde eu vim. E também no mínimo não sabe nada sobre minha carreira dentro do MMA. Mas tudo bem, porque estou achando que você no mínimo está meio confuso. Vi uma declaração que você disse que achou desrespeitoso eu pular nos braços da minha torcida após te nocautear no Brasil. Mas não foi você mesmo que uma semana antes de dizer que achava desrespeitoso disse: “Quem sabe dessa vez não sou eu que vou correr para a galera como fez Aldo no Rio?”.

Com relação às minhas lesões, talvez eu tenha tantas porque não devo estar tomando os mesmos “suplementos” que você toma. Tenho lesões porque treino muito para meter a porrada em você, como fiz da última vez, e acho que você deve lembrar e ter pesadelos até hoje com isso. Eu fiz todos os exames médicos necessários, mas se você agora é médico, posso mandar os exames para você avaliar. Quem sabe você não me receita um dos seus suplementos para eu melhorar mais rápido?

Com relação a quanto tempo vou ficar parado, são os médicos que vão dizer. Quem apanha é que costuma fugir para não apanhar de novo, mas não adianta fugir porque eu vou atrás de você. Enquanto a grade não fechar, você pode falar o que quiser, porque depois que ela fechar você não vai conseguir abrir a boca, então pode ficar falando enquanto tem boca. É você que manda agora onde vai lutar? Se não for, acho que o Dana White não vai gostar de ver alguém tomar decisões por ele, né?

Escutei falar também que até pelo cinturão interino você quer lutar, deve ser para não me esperar, mas isso não faz muito sentido porque, por exemplo, o Pettis está desde agosto do ano passado sem lutar, por conta de lesão e não teve uma disputa de cinturão interino nos leves. O Cain desde outubro, e só vai lutar em novembro, e como você bem sabe, eu já lutei este ano, em fevereiro. E ainda faltam muitos meses até dezembro para o ano terminar e que, mesmo assim, seriam menos meses que tanto o Pettis quanto o Cain estão inativos.

Quem parece só querer lutar em casa é você, que não quer lutar no Brasil de jeito nenhum. Eu já me lesionei antes de lutar no Brasil contra o Frankie Edgar e depois fui a Las Vegas lutar. Eu já lutei aí na sua casa [Sacramento] contra seu professor [Urijah Faber], já lutei na casa do Mark Hominick com 55 mil pessoas, já lutei no Japão, na Europa. E você me diz que vai ser campeão? Campeão não escolhe adversário e nem local onde vai lutar, agora eu te pergunto quem é o verdadeiro FROUXO?

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments