Dana White sai em defesa de Cerrone e detona Nate Diaz: ‘Quem liga?’

Dirigente não gostou das declarações de Diaz contra o Cowboy e usou o site oficial do UFC para se manifestar

Dana (ao centro) observa encarada entre Nate (esq.) e Cerrone (dir.); duelo se estende para fora do octógono. Foto: Josh Hedges/UFC

Dana (ao centro) observa encarada entre Nate (esq.) e Cerrone (dir.); duelo se estende para fora do octógono. Foto: Josh Hedges/UFC

Sem pisar no octógono desde novembro 2013, Nate Diaz vê sua relação com o UFC piorar a cada dia. Depois de se recusar a enfrentar Khabib Nurmagomedov e aumentar ainda mais seu tempo na geladeira, o polêmico norte-americano viu uma mensagem publicada em seu perfil oficial no Twitter repercutir muito mal com o presidente Dana White. Na rede de microblogs, Diaz publicou: “Algumas pessoas puxam muito o saco do UFC e elas usam chapéu de Cowboy”. Ao saber da mensagem, que continha ainda palavras de baixo calão, o dirigente rapidamente partiu em defesa do Cowboy Cerrone.

“O Nate pode fazer o que ele quiser. Ele pode se sentar e não lutar em nenhum UFC pelo tempo que ele quiser. Quem liga? Ele é um homem adulto. Fique aí sentado pelo tempo que você quiser, faça isso pelo resto da sua carreira, a decisão é sua. Mas tirar sarro de caras que gostam de lutar e que vão lá e fazem lutas incríveis e os quais as pessoas amam ver lutar? Cowboy entra lá e faz o que faz. As pessoas amam Cowboy Cerrone. Nate quer falar sobre fazer dinheiro, mas só há uma forma de fazer grana e é lutando”, disparou White, em declaração reproduzida pelo site oficial do UFC.

Aos 29 anos, Nate Diaz tem um cartel de 17 vitórias e nove derrotas. O irmão mais novo de Nick Diaz já enfrentou Donald Cerrone no octógono em 2011, no UFC 141. Na ocasião, a confusão começou na pesagem, quando Nate partiu pra cima do rival e teve que ser contido pelos presentes. No dia da luta, Diaz não abriu mão das provocações, xingou o adversário e fez diversos gestos obcenos em sua direção, mas se garantiu e saiu com a vitória por decisão unânime. O polêmico californiano não luta desde o fim do ano passado, quando nocauteou Gray Maynard no TUF 18 Finale.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments