Cláudia Gadelha bate Lahdemaki e vence primeira luta no peso palha do UFC

Ainda no card preliminar do UFC Fight Night 45, Tibau vence e complica Healy; Wolverine sofre derrota por nocaute técnico

Gadelha (foto) venceu primeira luta da categoria palha feminina do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Gadelha (foto) venceu primeira luta da categoria palha feminina do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

A primeira luta da história da categoria peso palha no UFC, com atletas de até 52 kg, teve vitória brasileira. Cláudia Gadelha dominou os três rounds de disputa contra Tina Lahdemaki e levou a melhor na decisão dos juízes na noite desta quarta-feira (16). A luta abriu os trabalhos do UFC Fight Night 45, na cidade de Atlantic City, Nova Jersey (EUA).

Em combates de invictas no MMA, a brasileira conseguiu levar a melhor tanto em pé quanto, principalmente, no solo, e dominou as ações contra Lahdemaki, que pouco conseguiu fazer para resistir. Gadelha começou a luta pressionando a finlandesa na trocação, inclusive abrindo um ferimento no rosto da rival nos segundos iniciais. Ainda no primeiro round, a potiguar conseguiu a queda e chegou às costas da adversária, quase obtendo a finalização – Lahdemaki, no entanto, se defendeu bem das tentativas de mata-leão da brasileira.

Nos dois rounds seguintes, a brasileira soube mesclar bem o jogo em pé com a luta de solo, conseguindo quedas em momentos importantes e controlando a movimentação em cima da adversária. Lahdemaki tentou resistir, mas não conseguiu fazer frente à força e à técnica da brasileira. Após três rounds de disputa, todos os juízes deram a vitória a Cláudia Gadelha (30 a 26, 30 a 27 e 30 a 27), a primeira vencedora da história do UFC na categoria palha feminina.

Tibau impõe seu jogo e bate Healy na decisão dos juízes

Tibau (foto) derrotou Healy no UFC. Foto: Divulgação/UFC

Tibau (foto) derrotou Healy no UFC. Foto: Divulgação/UFC

O Brasil também terminou com vitória na luta que encerrou o card preliminar do UFC Fight Night 45. Gleison Tibau fez luta dura com Pat Healy, mas conseguiu impor o seu jogo e levou a melhor após três rounds de disputa, na decisão unânime dos juízes.

Tibau conseguiu se manter fora de perigo quando o combate se manteve em pé, mas fez a diferença com um jogo de quedas afiado. No primeiro round, o potiguar controlou bem as atividades no chão, sendo que o cenário se repetiu no período seguinte. No entanto, ao fim do segundo round, Healy cresceu e caminhou mais para frente, conectando bons golpes no brasileiro.

Nos cinco minutos finais, “Bam Bam” continuava mostrando mais iniciativa, embora sem oferecer grandes perigos a Tibau. O brasileiro também quedou nos instantes finais, terminando o combate com a vantagem.

Os três juízes deram vitória a Tibau (30 a 27, 29 a 28 e 29 a 28), se recuperando da derrota sofrida para Michael Johnson em dezembro do ano passado. Já Healy fica em situação delicada no UFC, obtendo sua quarta derrota consecutiva.

Wolverine é dominado por norte-americano e sofre segunda derrota no MMA

Wolverine (foto) sofreu sua segunda derrota no MMA. Foto: Divulgação/UFC

Wolverine (foto) sofreu sua segunda derrota no MMA. Foto: Divulgação/UFC

Segundo brasileiro a atuar na noite, Hugo Wolverine não resistiu ao jogo justo da promessa norte-americana Aljamain Sterling e sofreu sua segunda derrota no MMA profissional. Sterling, de 24 anos de idade, fez bom uso de sua maior envergadura e conseguiu evitar bem o jogo do ex-membro do TUF Brasil na trocação. Além disso, o norte-americano obteve quedas em momentos importantes dos rounds e manteve o controle do combate durante todo o momento.

No terceiro período, Sterling conseguiu nova queda e chegou à montada, tentando, inclusive, finalizar com katagatame e armlock, golpes bem defendidos por Wolverine. Nos instantes finais, Sterling trabalhou com mais intensidade no ground-and-pound e conquistou a vitória por nocaute técnico aos 3min50s do terceiro round.

Companheiro de treinos de Chris Weidman, Sterling se mantém invicto no MMA profissional, com dez vitórias (duas no UFC). Wolverine, por sua vez, sofreu seu segundo revés nas últimas três lutas, já que havia perdido para o atual campeão da categoria dos galos, TJ Dillashaw, em abril do ano passado.

Resultados card preliminar do UFC Fight Night 45:

Gleison Tibau derrotou Pat Healy na decisão unânime dos juízes;

Leslie Smith derrotou Jessamyn Duke por nocaute técnico no R1;

Aljamain Sterling derrotou Hugo Wolverine por nocaute técnico no R3;

Yosdenis Cedeño derrotou Jerrod Sanders por nocaute técnico (desistência) ao fim do R1;

Cláudia Gadelha derrotou Tina Lahdemaki na decisão unânime dos juízes

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments