Minotouro admite importância de luta contra Johnson: ‘É vai ou racha’

Lutador brasileiro descarta aposentadoria e diz que combate de sábado (26) poderá colocá-lo próximo de disputa de cinturão

Minotouro (foto) vem sofrendo com lesões nas costas. Foto: Nick Laham/Zuffa LLC

Minotouro (foto) enfretará Johnson no UFC on FOX 12. Foto: Nick Laham/Zuffa LLC

Rogério Minotouro vê sua próxima luta, contra Anthony Johnson, no UFC on FOX 12, como uma oportunidade para a realização de suas intenções dentro do Ultimate. O brasileiro, que está parado há mais de um ano devido a lesão, acredita que uma vitória sobre o norte-americano irá deixá-lo próximo de disputar o cinturão da categoria dos meio-pesados.

Apesar do longo tempo de inatividade, Minotouro vem de duas vitórias no UFC, sobre Tito Ortiz e Rashad Evans. Os resultados o deixaram no top 10 do ranking do peso, mas o período sem lutar fez com que o UFC o retirasse da lista meses depois. Contra Johnson, atual quinto colocado do ranking, Minotouro espera voltar ao pelotão da frente da divisão. “Essa luta é um grande desafio para eu chegar aonde quero, que é a disputa de cinturão. Ela vem num ótimo momento. É luta de ou vai, ou racha. Ou está ali na disputa de cinturão, ou fica depois dos cinco primeiros. Essa luta provavelmente vai me colocar entre os quatro principais do ranking até 93kg”, analisou o lutador, em entrevista ao site do canal “Combate”.

Aos 38 anos de idade, o veterano atleta não pensa em aposentadoria, apesar dos recentes problemas físicos pelos quais passou. “Estou me sentindo bem treinando. Enquanto eu estiver me sentindo bem e competindo bem, em alto rendimento… Por enquanto estou me sentindo bem. Fiz uma excelente luta contra o Rashad Evans. Tenho feito sparrings para esta luta melhor do que fiz para a última, o pessoal tem comentado. Tive bastante tempo para trazer as pessoas certas para treinar defesa de queda comigo. Não é o momento de pensar em parar. Isso só vai acontecer quando eu começar a não treinar bem”, esclareceu

Mesmo que Johnson seja considerado favorito por muitos, Minotouro acredita ter todas as condições de surpreender e sair com a vitória. “Ele vem de uma boa luta [quando derrotou Phil Davis no UFC 172, em abril] e de uma sequência grande de vitórias, por isso o pessoal está botando todas as fichas nele. Acho que é normal. Já passei por isso, inclusive na minha última luta, de entrar como azarão e surpreender. Minha meta é tentar surpreender”, disse.

A luta entre Rogério Minotouro e Anthony Johnson será o co-evento principal do UFC on FOX 12, que acontecerá no próximo sábado, 26 de julho, na cidade de San Jose, na Califórnia, Estados Unidos. Na maior atração da noite, Robbie Lawler enfrenta Matt Brown por uma chance de disputar o cinturão dos meio-médios.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments