Clima esquenta entre Jones e Cormier e desafiante ataca: ‘Vou acabar com você’

Campeão provocou o desafiante por meio de mensagem privada e recebeu uma resposta pública

Cormier divulgou conversa com Jones por DM no Twitter. Foto: Reprodução

Cormier divulgou conversa com Jones por DM no Twitter. Foto: Reprodução

Mal deu tempo de ser anunciada e a luta entre Jon Jones e Daniel Cormier pelo cinturão dos meio-pesados já está gerando polêmica. Por meio de seu perfil oficial no Twitter, Cormier divulgou uma mensagem privada de teor provocativo que lhe foi enviada por Jones. Sem conseguir responder a DM (direct message) do campeão, DC pediu ajuda a seus seguidores para que divulgassem sua resposta.

“Galera, por favor, façam com que essa mensagem chegue ao Jon Jones. Ele não me segue. Não sabia que eu seguia ele também. Esse cara é um ninja (por conseguir me enviar isso)”, publicou Cormier, juntamente com a reprodução da tela do seu celular em que aparece sua réplica: “Eu estou pronto! Eu vou acabar com você”.

Mais tarde, durante sua participação no jornal oficial “UFC Tonight”, o desafiante voltou a falar sobre o desafio a Jones no UFC 178 e revelou não acreditar que as provocações possam ter efeito significante no rival. “Ele está preparado para qualquer coisa que eu disser. Teve toda aquela situação com o Rashad Evans e ainda assim conseguiu entrar no octógono e enfrentá-lo. Fora isso, ele já lutou contra Chael Sonnen. Nada do que eu disser vai afetá-lo mentalmente”, avaliou.

Por fim, Cormier revelou como foi o momento do convite para substituir o lesionado Alexander Gustafsson no evento e se mostrou tranquilo com o tempo de preparação reduzido para o duelo. “Eu recebi uma mensagem de texto de manhã, do Lorenzo Fertitta. Algo dentro de mim estava dizendo para eu subir na balança, pois comi uns seis donuts ontem (risos). Então eu subi na balança e olhei para o celular, então eu vi a mensagem do Lorenzo me oferecendo a luta pelo título. Falei com todos os meus treinadores e eles me apoiaram. Temos cinco semanas para nos preparar e é tempo suficiente”, afirmou DC. “Sempre vai ter alguma hesitação. Quando você tem uma luta pelo título, você espera ter três meses para se preparar. Mas se os meus treinadores me dizem que eu tenho que bater no Jon Jones em cinco semanas, o que eu vou fazer?”, completou.

Aos 35 anos, Daniel Cormier tem um cartel perfeito de 15 vitórias. Campeão do GP dos pesados do extinto Strikeforce, o atleta olímpico de wrestling nos Jogos de 2004 e 2008 estreou no Ultimate em abril do ano passado e de lá pra cá venceu os quatro adversários que enfrentou – Frank Mir, Roy Nelson, Patrick Cummins e Dan Henderson, os dois últimos já como peso meio-pesado. No dia 27 de setembro, em Las Vegas (EUA), Cormier substitui o contundido Alexander Gustafsson no desafio ao cinturão do campeão Jon Jones, na luta principal do UFC 178.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments