Recém-aposentado, Bocek critica doping no MMA: ‘É pior do que as pessoas percebem’

Canadense de 32 anos diz que optou por pendurar as luvas para manter uma imagem positiva do esporte

Bocek (foto) recentemente se aposentou do MMA. Foto: Divulgação/UFC

Bocek (foto) recentemente se aposentou do MMA. Foto: Divulgação/UFC

Mark Bocek, veterano do UFC, recentemente se aposentou do MMA com apenas 32 anos de idade. E o canadense foi direto ao ponto ao justificar sua decisão: para ele, o doping no MMA está fora de controle, de modo que quis sair de cena antes de ficar com uma imagem ruim do esporte.

De acordo com Bocek, o assunto nas artes marciais mistas é ainda mais grave do que o público pensa. “Acho que é pior do que as pessoas percebem. Eu odeio ser o portador das más notícias, mas do jeito que as coisas estão, você merece perder se não usa substâncias dopantes hoje em dia. Eu pensava que era trapaça, mas não dá para chamar de trapaça se todo mundo está usando. As pessoas se safam das trapaças nas Olimpíadas, que tem um teste muito mais restrito do que o UFC, então você imagina o que as pessoas fazem no UFC”, explicou Bocek, em entrevista ao site norte-americano “MMA Junkie”.

Em meio a este cenário, Bocek afirmou que a decisão por se aposentar acabou sendo fácil de ser tomada. “Eu sou uma pessoa realista, e acho que eu poderia usar todas as substâncias dopantes no mundo e ainda assim conseguir competir com os caras. Mas, se eu não usar, isso não vai acontecer. Eu prefiro deixar o esporte ainda com uma boa lembrança. Eu não queria sair com um sentimento amargo, odiando o esporte. Então, acho que a diferença entre eu e os outros é que eu sou um pouco mais realista. No fim das contas, não é todo mundo que se torna campeão”, comentou.

Bocek era atleta do UFC desde 2007, tendo acumulado um cartel de 12 vitórias e cinco derrotas, tendo enfrentado nomes de destaque como Frankie Edgar, Benson Henderson, Jim Miller e Rafael dos Anjos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments