Em ‘festival de quedas’, Bader controla St. Preux e vence no UFC Fight Night 47

Gray Maynard sofreu seu terceiro nocaute consecutivo na noite, mas viu Shawn Jordan e Tim Boetsch se recuperarem no card deste sábado (16)

R. Bader (foto) venceu St. Preux na luta principal do UFC FN 47. Foto: Josh Hedges/UFC

R. Bader (foto) venceu St. Preux na luta principal do UFC FN 47. Foto: Josh Hedges/UFC

A primazia do wrestling. Assim pode ser definida a luta principal do UFC Fight Night 47, neste sábado (16), em Bangor, no estado norte-americano de Maine. Condecorado na luta olímpica, o campeão do TUF 8 Ryan Bader não deu chances para Ovince St. Preux e usou e abusou das quedas para conquistar sua terceira vitória seguida no Ultimate.

Ao longo dos cinco rounds, embora tenha sido ameaçado pelo adversário em alguns momentos, Bader sempre recorreu ao jogo de quedas para controlar o combate e garantir uma vitória tranquila na decisão dos juízes. De quebra, com o triunfo,Ryan pôs fim a uma série de cinco vitórias consecutivos do rival.

A luta

Tão logo começou o primeiro round, Bader tratou de levar a luta para o território que lhe é mais familiar e aplicou uma queda em St. Preux. Após cerca de um minuto no chão, os atletas voltaram para a luta em pé, onde OSP tentou levar a melhor devido sua maior envergadura e apostando em golpes mais potentes e bem colocados. No fim da parcial, Bader conseguiu sua segunda queda e terminou o assalto por cima do rival.

No segundo round, todo transcorrido na trocação, St. Preux apostou na guarda baixa para confundir o adversário. Apesar de um bom chute no corpo colocado pelo norte-americano descendente de haitianos, a parcial foi morna e sem grandes ações para nenhum dos lados.

No terceiro assalto, o que se viu foi uma boa sequência de quedas a favor de Bader, que se aproveitou da queda de rendimento do rival para imprimir seu jogo. No quarto round, mais quedas e menos ação. O domínio continuou com o campeão do TUF 8, que esteve até próximo de uma finalização, mas a luta seguiu morna.

No quinto round, já com a certeza de que tinha a luta sob controle nas papeletas dos juízes, Ryan Bader tentou controlar o combate em pé, mas acabou sofrendo uma queda inesperada na metade do assalto. Porém, conseguindo se colocar novamente em pé, Bader não teve dificuldades para quedar novamente o adversário e mantê-lo com as costas no chão. Nos segundos finais, ainda sobrou tempo para St. Preux negar duas quedas do rival com bons sprawls, mas que não foram suficientes para reverter a luta a seu favor. Na decisão dos jurados, a vitória foi para Ryan Bader, por decisão unânime dos juízes.

Maynard sofre terceiro nocaute consecutivo e se complica

Invicto como profissional até ser derrotado por Frankie Edgar na disputa do cinturão dos leves em 2011, Gray Maynard vive uma época de vacas bem mais magras. “The Bully” como é conhecido, sofreu sua terceira derrota consecutiva no octógono, todas elas por nocaute, desta vez contra Ross Pearson. Aos 35 anos e vivendo, de longe, o pior momento de sua carreira, Maynard agora aguarda a decisão sobre seu futuro no UFC.

Boetsch supera atraso no início e nocauteia Tavares

Outro atleta que estava com sua vida na organização ameaçada, mas conseguiu se safar bem da navalha do Ultimate, foi Tim Boetsch. Lutando em casa, o peso médio do Maine começou o combate diante de Brad Tavares em maus lençóis, mas conseguiu a virada no segundo assalto e acabou nocauteando o rival e impondo-lhe sua segunda derrota seguida na maior organização do planeta.

Após primeiro round ruim, Jordan vira e vence Jack May

Para o peso pesado Shawn Jordan, vencer neste sábado também era uma questão de sobrevivência no Ultimate. Vindo de duas vitórias seguidas, Shawn precisa de passar por Jack May no card principal para manter seu contrato com o maior evento de MMA do planeta. Infelizmente para “The Savage”, como é conhecido, o início do combate em Bangor foi melhor para seu rival. Porém, mesmo fazendo uma primeira parcial inconstante, Jordan conseguiu se recuperar na luta e conquistou a vitória por nocaute técnico no terceiro round.

Confira abaixo os resultados do UFC Fight Night 47:

CARD PRINCIPAL:

Ryan Bader venceu Ovince St. Preux por decisão unânime dos juízes;

Ross Pearson venceu Gray Maynard por nocaute técnico no R1;

Tim Boetsch venceu Brad Tavares por nocaute no R2;

Alan Jouban venceu Seth Baczynski  por nocaute no R1;

Shawn Jordan venceu Jack May por nocaute técnico no R3;

Thiago Tavares venceu Robbie Peralta por finalização no R1.

CARD PRELIMINAR:

Jussier Formiga derrotou Zach Makovsky por decisão unânime;

Sara McMann derrotou Lauren Murphy por decisão dividida;

Tom Watson derrotou Sam Alvey por decisão unânime dos juízes;

Frankie Saenz derrotou Nolan Ticman por decisão unânime dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments