Ben Henderson sonha com luta no Brasil: ‘Gostaria de enfrentar José Aldo em um estádio’

Ex-campeão dos leves elogiou público brasileiro e disse lutar no país lhe interesse mesmo se não for contra o detentor do cinturão dos penas

B. Henderson (foto) foi campeão dos leves entre fevereiro de 2012 e agosto de 2013. Foto: Josh Hedges/UFC

B. Henderson (foto) foi campeão dos leves entre fevereiro de 2012 e agosto de 2013. Foto: Josh Hedges/UFC

Em declaração recente, o presidente do UFC Dana White deu a entender que a superluta mais provável da organização para o futuro próximo seria entre o campeões José Aldo e Anthony Pettis, respectivamente dos penas e dos leves. Mas um ex-detentor do título da divisão até 70 kg, o norte-americano Ben Henderson, gostaria de protagonizar uma superluta ao lado de Aldo. E mais, Bendo ainda quer que o duelo aconteça em um estádio de futebol brasileiro para um público recorde.

“Eu estaria muito disposto a fazer uma superluta. Seria legal, divertido. Gostaria de enfrentar Aldo em um card em um estádio brasileiro para 100 mil pessoas. Gostaria de estar neste card de qualquer maneira, aliás, mesmo que fosse para fazer outra luta. Os brasileiros são muito apaixonados. Isso é o que muda em relação aos Estados Unidos. Há muita paixão, como há no futebol”, disse Henderson, em entrevista ao site do canal “ESPN Brasil”.

Apesar de revelar o sonho, Ben Henderson, que enfrenta o brasileiro Rafael dos Anjos neste sábado (23), prefere não fazer planos concretos para a sequência de sua carreira e vê vários adversários potenciais até mesmo na própria divisão de leves. “Não está em minhas mãos. Só me importo em lutar. O que eles (a chefia do UFC) vão fazer no futuro não cabe a mim. Também tem o Nurmagomedov, o Eddia Alvarez agora… Só me importo em lutar”, analisou.

Apesar dos planos de Dana White ou até mesmo do anseio de Ben Henderson, os três nomes que poderiam se envolver nesta hipotética superluta têm compromissos marcados até o fim deste ano: Bendo encara Rafael dos Anjos na luta principal do UFC Fight Night 49; José Aldo faz a revanche contra Chad Mendes pelo título dos penas no UFC Rio 5, em outubro; e Anthony Pettis põe seu cinturão em jogo pela primeira vez contra Gilbert Melendez na luta co-principal do UFC 181, em dezembro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments