UFC FN 48: Com encarada respeitosa, Rafael dos Anjos e Ben Henderson batem o peso

Atletas passaram pela balança nesta sexta-feira (22); pesagem também contou com outros três brasileiros, que confirmaram suas lutas

R. dos Anjos (esq.) cumprimenta B. Henderson (dir.) após encarada. Foto: Reprodução/YouTube

R. dos Anjos (esq.) cumprimenta B. Henderson (dir.) após encarada. Foto: Reprodução/YouTube

Neste sábado (23), em Tulsa (EUA), o brasileiro Rafael dos Anjos, que possui 15 lutas de experiência no Ultimate, fará seu primeiro evento principal como atleta na organização no UFC Fight Night 49. Porém, antes do debute, nesta sexta-feira (22) Rafael teve que passar pela balança juntamente com seu adversário, o ex-campeão dos leves Ben Henderson. Apesar do desafio que pode valer até mesmo uma chance pelo cinturão, o clima dos atletas durante a pesagem e a encarada foi bastante respeitoso, como já vinha acontecendo desde o período de preparação.

O primeiro atleta a subir à balança foi Rafael dos Anjos, que bateu 70,3 kg. Logo em seguida, foi a vez de Ben Henderson. O ex-campeão usou o limite de tolerância para lutas que não valem o título e se apresentou com 70,5 kg. Logo após a passagem pela balança, os atletas protagonizaram uma encarada bastante respeitosa e se cumprimentaram de forma bastante amistosa.

Logo após chegar ao peso, Rafael comentou sua sequência de lutas recentes. “Essa foi a terceira luta em quatro meses. Mas fica mais fácil, porque você se mantém em forma. E também sem a minha esposa não seria possível, porque ela sempre está ajudando na minha dieta” ,disse Rafael ao canal “Combate. “Não tenho pressa (para disputar o cinturão), mas com certeza esta é uma luta muito importante. Então, estou bem treinado e com o pensamento positivo”, completou.

Brasileiros batem o peso e confirmam suas lutas

De volta ao UFC e com três vitórias desde que retornou à maior organização de MMA do planeta, o ex-desafiante ao cinturão dos médios Thales Leites passou bem pela balança e está confirmado na luta o francês Francis Carmont. Thales bateu os 84 kg limites enquanto Carmont se valeu da tolerância para lutas que não valem o cinturão e se apresentou com 84,2 kg.

Outro atleta do Brasil no card principal da noite é o estreante Valmir Bidu. Valmir bateu 70,3 kg e garantiu presença no duelo contra James Vick, que se apresentou com 70,2 kg. O atleta da Nova União vem de 11 vitórias consecutivas e vai em busca de seu primeiro triunfo no UFC neste sábado (23).

Primeiro brasileiro a pisar no palco montado no BOK Center, em Tulsa (EUA), Wilson Reis não teve dificuldades para chegar a 56,5 kg e ficar dentro do limite da categoria peso mosca. No limite da divisão, Wilson confirmou o duelo contra o estreante norte-americano Joby Sanchez, que bateu 56,7 kg. O duelo abre o card preliminar da noite.

CARD PRINCIPAL

Peso leve (até 70,3 kg): Benson Henderson (70,5 kg) x Rafael dos Anjos (70,3 kg);

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Jordan Mein (77,2 kg) x Mike Pyle (70,3 kg);

Peso médio (até 84 kg): Francis Carmont (84,2 kg) x Thales Leites (84 kg);

Peso combinado*: Max Holloway (67,9 kg) x Clay Collard (67,9 kg);

Peso leve (até 70,3 kg): James Vick (70,2 kg) x Valmir Bidu (70,3 kg);

Peso leve (até 66 kg): Chas Skelly (66 kg) x Tom Niinimaki (65,8 kg).

CARD PRELIMINAR

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Neil Magny (77,4 kg) x Alex Garcia (77,1 kg);

Peso leve (até 70,3 kg): Beneil Dariush (70,5 kg) x Tony Martin (70,3 kg);

Peso galo (até 61,2 kg): Aaron Phillips (61,3 kg) x Matt Hobar (61,2 kg);

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Ben Saunders (77,1 kg) x Chris Heatherly (77,1 kg);

Peso mosca (até 57 kg): Wilson Reis (56,5 kg) x Joby Sanchez (56,7 kg).

* O adversário original de Max Holloway, Ernest Chavez, se lesionou e Clay Collard foi convocado de última hora para o combate e não teria tempo hábil para cortar peso.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments