Frank Mir se mostra aberto a aceitar terceira luta contra Rodrigo Minotauro

Norte-americano, que já derrotou veterano brasileiro por duas vezes, disse que não haveria problema em fazer a luta no Brasil

Minotauro (dir.) e F. Mir (esq.) em seu segundo encontro, em 2011. Foto: Josh Hedges/UFC

Minotauro (dir.) e F. Mir (esq.) em seu segundo encontro, em 2011. Foto: Josh Hedges/UFC

Frank Mir, ex-campeão dos pesados do UFC, concordou em fazer uma terceira luta contra Rodrigo Minotauro, se mostrando aberto, inclusive, a realizar o combate no Brasil caso assim o Ultimate deseje.

Minotauro, que vem de derrotas para Fabrício Werdum e Roy Nelson, expressou seu desejo de fazer mais duas lutas até o fim de 2015, quando se aposentaria do MMA. Entre seus adversários de desejo estaria Mir, que já o derrotou duas vezes, em 2008 e 2011.

“Eu sei que o ele quer fazer a última luta comigo. Para mim não tem problema em fazer esse terceiro combate, mas o UFC tem de concordar. Algumas pessoas dizem que por tê-lo vencido duas vezes não teria porque arriscar, mas não vou negar essa luta. Sei que ele vai querer que seja no Brasil e não nos Estados Unidos, mas tudo bem, tenho fãs aqui e não seria um território totalmente inimigo”, disse Mir, em entrevista ao site “Globo Esporte”.

Mir também vem de fase ruim, com quatro derrotas seguidas (para Júnior Cigano, Daniel Cormier, Josh Barnett e Alistair Overeem). Por isso, o veterano norte-americano já é questionado sobre sua aposentadoria das lutas. “Duas coisas eu vou considerar para a aposentadoria. A primeira é se eu começar a perder para lutadores que ninguém conhece, sem expressão. A segunda, e mais importante, é que meus filhos estão crescendo. Eu tenho jogos de beisebol para acompanhar e compromissos na escola deles. Tem um momento em que vou querer ficar mais com eles e a vida de lutador dificulta isso. É provável que aconteça quando eles começarem a entrar na adolescência”, disse o lutador, que tem três filhos, de 10, 8 e 5 anos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments