Jacaré domina Mousasi, finaliza e cobra: ‘Sou o próximo a disputar o cinturão’

Brasileiro passou a limpo a derrota sofrida para o armênio-holandês há seis anos e se aproximou muito de uma luta pelo título

R. Jacaré (foto) conquistou sua quarta vitória no UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

R. Jacaré (foto) conquistou sua quarta vitória no UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Ronaldo Jacaré está cada vez mais próximo de disputar o cinturão dos pesos médios. Invicto desde que estreou no Ultimate, Jacaré conquistou seu quarto triunfo consecutivo na maior organização de MMA do planeta nesta sexta-feira (05), ao finalizar o armênio-holandês Gegard Mousasi na luta principal do UFC Fight Night 50. De quebra, o brasileiro se vingou da derrota sofrida para Mousasi em 2008, no evento japonês DREAM.

VEJA TAMBÉM:
Assista o vídeo com a finalização Ronaldo Jacaré
– Sapo vence e Damm é nocauteado no card preliminar
– Patrício Pitbull fatura cinturão dos penas no Bellator

No primeiro round, após alguns minutos de muito estudo, Jacaré finalmente conseguiu levar a luta para o chão e dominou completamente a parcial. O momento de maior tensão para o capixaba foi quando Mousasi tentou lhe acertar com algumas pedaladas, mesma forma com que havia vencido o primeiro encontro entre eles. Com uma boa defesa da investida do armênio-holandês, Ronaldo voltou a ser superior no jogo de solo até o fim do assalto.

Jacaré voltou ainda mais animado no segundo round e tomou conta das ações também na luta em pé. Após alguns golpes que abalaram a estrutura de Mousasi, o brasileiro quedou novamente o rival e esteve muito perto de conseguir a finalização. Mas o combate chegaria ao fim somente no assalto seguinte.

Com um início bastante semelhante ao dos rounds anteriores, Jacaré voltou a dominar a trocação, mas preferiu levar Mousasi no chão, onde se aproveitou do cansaço do rival para capitalizar mais do que nas tentativas anteriores. Aproveitando-se de um descuido do armênio-holandês, o brasileiro encaixou uma guilhotina justíssima e aguardou apenas a desistência do rival.

Após o triunfo, ainda no octógono, Jacaré “Quem duvida que eu mereço uma disputa de cinturão está completamente errado. Eu peguei um dos caras mais duros da divisão. O Lyoto lutou com esse cara (Mousasi) cinco rounds e eu consegui pegar ele no terceiro. Foi difícil. Eu tive sorte também, mas o campeão também tem sorte. Eu sou o próximo a disputar o cinturão, sem dúvidas”, declarou.

Overeem volta a mostrar fragilidade defensiva e perde para Rothwell

Alistair Overem é reconhecidamente um dos atletas de maior pode ofensivo, mas menor resistência aos ataques adversários no UFC. E mais uma vez o inglês-holandês provou que, mesmo aos 37 anos, precisa evoluir bastante seu jogo defensivo. Após um início forte, com ataques duros contra Ben Rothwell, Overeem acabou nocauteado ainda no primeiro round.

Enquanto Rothwell absorveu bem os golpes de “The Reem”, o ex-campeão do extinto Strikeforce foi à lona logo nas primeiras do oponente. Com mais um revés, Overeem agora tem três derrotas e duas vitórias como atleta do Ultimate e deve perder posições no ranking dos pesos pesados – em que atualmente ocupa a sétima posição.

Mitrione arrasa Derrick Lewis em 41 segundos

Derrick Lewis chegou ao octógono embalado por sua última vitória, um nocaute avassalador contra o brasileiro Guto Inocente. Porém, contra Matt Mitrione, “The Black Beast” não teve vida fácil. Exposto demais em sua investida inicial, Lewis acabou indo de encontro ao ataque de Mitrione e sofreu um nocaute inapelável com apenas 41 segundos de luta.

Em luta movimentada, Lauzon vence Chiesa por interrupção médica

Em uma das lutas mais agitadas da noite, o veterano do The Ultimate Fighter Joe Lauzon venceu Michael Chiesa por interrupção médica. Com diversas oportunidades para ambos os atletas durante todo o combate, marcado tanto pelos embates na trocação quanto pela exibição de técnica no chão, Lauzon pegou o adversário em um clinch justíssimo e abriu um corte profundo no supercílio de Chiesa com uma joelhada certeira. Nem mesmo o derrotado Michael reclamou da decisão dos médicos em sua entrevista após o duelo. Com o triunfo, “J-Lau” se tornou o lutador com mais vitória por nocaute ou finalização na divisão peso leve.

Confira abaixo todos os resultados do UFC Fight Night 50:

CARD PRINCIPAL

Ronaldo Jacaré venceu Gegard Mousasi por finalização no R3;

Ben Rothwell venceu Alistair Overeem por TKO no R1;

Matt Mitrione venceu Derrick Lewis por TKO no R1;

Joe Lauzon venceu Michael Chiesa por interrupção médica no R2.

CARD PRELIMINAR

John Moraga venceu Justin Scoggins por finalização no R2;

Al Iaquinta venceu Rodrigo Damm por nocaute técnico no R3;

Rafael Sapo venceu Chris Camozzi por decisão dividida dos juízes;

Chris Beal venceu Tateki Matsuda por decisão unânime dos juízes;

Chas Skelly venceu Sean Soriano por decisão unânime dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments