Cortado do UFC Brasília após tiro, Riggs detalha episódio: ‘Estava desconcentrado’

Lutador norte-americano diz que ficou em choque e que sangue que saía de sua perna ‘era forte para atingi-lo no rosto’

Riggs (foto) sofreu tiro acidental em julho enquanto limpava sua arma. Foto: Reprodução/Facebook

Riggs (foto) sofreu tiro acidental enquanto limpava sua arma. Foto: Reprodução/Facebook

O próximo sábado (13) deveria marcar o retorno do veterano Joe Riggs ao UFC. Depois de quase oito anos anos afastado do octógono, o norte-americano retornaria à organização em combate contra Paulo Thiago no UFC Fight Night 51, em Brasília (DF). No entanto, sua volta ao UFC foi adiada depois de o lutador atirar em si mesmo de forma acidental no fim de julho.

Meses após o ocorrido, Riggs explicou o que aconteceu no polêmico episódio. Ele disse que se distraiu por um momento e acabou apertando o gatilho sem querer. “Eu estava limpando a arma, pensando que eu sou dono de uma arma há um certo tempo, eu não sou um novato. Eu estava sentado, lendo meu contrato com o UFC, assistindo TV, comendo mirtilo, então eu não estava totalmente concentrado desmontando a arma como eu deveria. Meu dedo deve ter esbarrado no gatilho e a arma disparou”, detalhou “Diesel”, em entrevista ao site “Last Word on Sports”.

Riggs afirmou que ficou desesperado quando percebeu o que havia acontecido. “Por algum motivo, eu comecei a correr pela casa como um idiota. Eu estava pelado, sendo que a cada batida do meu coração, mais sangue espirrava da minha perna. Eu deveria estar em choque, porque eu sentei no sofá achando que as coisas estavam sob controle. Quando sentei, vi que o sangue que saia da minha perna era forte o bastante para me atingir no rosto. Foi aí que me dei conta de que tinha que acordar minha esposa. Disse ‘Lisa, acorde, acabei de atirar em mim mesmo, chame uma ambulância’. Depois disso, desmaiei”, contou.

O lutador, natural do estado de Arizona, disse que deverá lutar no UFC on FOX 13, que será realizado em sua capital, Phoenix, no dia 13 de dezembro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments