Próximo adversário de Anderson Silva, Nick Diaz é preso nos EUA

Lutador foi preso no dia 6 acusado de quatro crimes, mas informações foram divulgadas somente nesta sexta (12)

N. Diaz foi preso por dirigir alcoolizado e outros três crimes. Foto: Josh Hedges/UFC

N. Diaz foi preso por dirigir alcoolizado e outros três crimes. Foto: Josh Hedges/UFC

Conhecido por seu estilo irreverente e um histórico de muitas polêmicas, o norte-americano Nick Diaz acaba de adicionar mais um episódio a seu “cartel” de controvérsias. Adversário de Anderson Silva no retorno do brasileiro ao octógono em janeiro de 2015, Diaz foi preso na cidade de Lodi, no estado da Califórnia, no último dia 6 de setembro. No entanto, a notícia só foi divulgada pela imprensa local nesta sexta-feira (12).

Segundo o sargento Mike Kermgard da Polícia de Lodi, em entrevista ao site “Lodi News”, que veiculou a informação, Nick Diaz foi preso às 2h20 do dia 6 de setembro sob suspeita de dirigir alcoolizado, obstrução de um oficial de justiça, destruição de evidências e direção com uma carteira de habilitação suspensa. O lutador já está solto, mas terá que se apresentar a justiça no dia 27 de setembro, quando seu caso será julgado.

No dia 31 de janeiro, caso acerte as contas com a justiça norte-americana, Nick Diaz enfrentará o ex-campeão dos médios Anderson Silva na luta principal do UFC 183. O evento, que marca o retorno do Spider ao octógono após a fratura sofrida na revanche contra Chris Weidman em dezembro de 2012, acontece em Las Vegas (EUA) e antecede o domingo do Super Bowl (a final do futebol americano).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments