De Alvarez x Chandler a Pettis x Horiguchi: as lutas que fizeram história no Bellator, evento comprado pela PFL

Vendida à PFL, organização marcou época com grandes confrontos aos amantes de MMA; confira os cinco maiores

Chandler e Alvarez fizeram a melhor luta da história do Bellator. Foto: Reprodução/Bellator

O MMA é um esporte que cresce cada vez mais no mundo, com milhões de fãs e admiradores. Uma das organizações que contribui para o desenvolvimento e a popularização do esporte é o Bellator, que conta com lutadores de alto nível e eventos de qualidade. A empresa de Scott Coker foi vendida para a PFL, uma liga que tem um sistema inovador de competição, com temporada regular e playoffs.

Veja Também

Michael Page está livre para assinar com organizações de MMA. Foto: Reprodução/Instagram

Mas antes de acompanhar os novos confrontos dos lutadores do Bellator na PFL, que tal revisitar as lutas que entraram para a história da organização? Neste texto, o SUPER LUTAS apresenta as cinco lutas mais fantásticas, surpreendentes e históricas do Bellator, desde a sua criação em 2008 até os dias atuais.

PUBLICIDADE:

Eddie Alvarez x Michael Chandler – Bellator 58

A melhor luta da história do Bellator aconteceu na edição de número 58. O evento teve, em sua luta principal, o confronto válido pelo cinturão peso leve (até 70,3kg.) entre Eddie Alvarez x Michael Chandler. Na ocasião, o então campeão estava invicto há dois anos, enquanto o adversário havia vencido o torneio da quarta temporada da organização. O duelo foi eleito a ‘Luta do Ano’ de 2011 pela revista Sherdog e pela ESPN, e é considerado um dos melhores da história do MMA.

PUBLICIDADE:

O primeiro round foi intenso, com ambos os lutadores trocando golpes e quedas. Alvarez acertou um uppercut que balançou Chandler, mas o desafiante se recuperou e derrubou o campeão. O Iron, como é conhecido dominou as ações no solo, aplicando golpes e tentando finalizar com um mata-leão, mas Eddie se defendeu bem e voltou a ficar de pé.

O segundo round foi mais equilibrado, com Alvarez mostrando mais movimentação e precisão nos golpes. Chandler continuou buscando as quedas, mas Alvarez conseguiu se levantar rapidamente. Os dois lutadores trocaram socos e chutes, com alguns momentos de vantagem para cada um.

PUBLICIDADE:

O terceiro round foi o mais dramático da luta. O campeão começou melhor, acertando um jab e um direto que fizeram o desafiante sangrar. Chandler, então, respondeu com uma joelhada voadora e um cruzado que derrubaram Alvarez. Michael partiu para cima, mas Eddie se levantou e acertou um gancho que fez o rival cair.

Ele tentou finalizar com um triângulo de mão, mas seu adversário escapou e pegou as costas. Chandler encaixou o mata-leão e forçou Alvarez a desistir, aos 3m6seg. do terceiro round, se tornando o novo campeão dos leves do Bellator.

A luta foi um verdadeiro espetáculo de técnica, coração e emoção, que consagrou Michael Chandler como um dos melhores lutadores do mundo e Eddie Alvarez como um guerreiro que não desiste facilmente. Os dois se enfrentariam novamente em 2013, no Bellator 106, em outra luta memorável, que terminou com ‘o troco’ por decisão dividida, recuperando o cinturão dos leves.

PUBLICIDADE:

Patricio Pitbull x Daniel Straus 2 – Bellator 132

A rivalidade entre Patricio Pitbull e Daniel Straus rendeu quatro lutas no Bellator, todas valendo o cinturão dos penas. A segunda delas, realizada em janeiro de 2015, no Bellator 132, em Temecula, nos Estados Unidos, foi a mais emocionante.

Patricio, que havia vencido a primeira luta por decisão unânime, defendia o título contra Straus, que buscava a revanche. A luta foi equilibrada e disputada em alto nível, com os dois lutadores mostrando suas habilidades em pé e no chão.

Daniel começou melhor, usando seu jab e seus chutes para manter a distância e pontuar. Pitbull respondeu com contragolpes e tentativas de queda, mas o norte-americano defendeu bem e controlou as ações.

No quarto round, Patricio voltou mais agressivo e conseguiu levar o adversário ao chão, pegando suas costas e encaixando um mata-leão. Straus resistiu o quanto pôde, mas acabou batendo a 11 segundos do fim do round.

Foi uma vitória heroica e dramática para Patricio Pitbull, que manteve o cinturão e provou sua superioridade sobre o rival.

Patricky Pitbull x Lloyd Woodard – Bellator 62

Outro representante da família Pitbull que protagonizou uma luta memorável no Bellator foi o irmão mais velho de Patrício, Patricky.

Em março de 2012, no Bellator 62, em Laredo, nos Estados Unidos, Patricky enfrentou o americano Lloyd Woodard, pelas quartas de final do torneio dos leves. A luta foi uma verdadeira guerra, com os dois lutadores trocando golpes poderosos desde o início.

No primeiro round, Woodard derrubou Patricky com um direto, mas o brasileiro se levantou e levou o adversário ao chão, montando e tentando uma kimura. O norte-americano se defendeu e inverteu a posição, castigando Pitbull com socos.

Pitbull se levantou novamente e acertou uma sequência de golpes que abalaram Lloyd, mas não conseguiram derrubá-lo. No segundo assalto, contudo, a trocação continuou intensa, até que Woodard pegou o brasileiro em uma kimura e o fez desistir, com uma chave de braço que quebrou o braço do brasileiro.

Foi uma vitória dramática e dolorosa para Lloyd Woodard, que avançou no torneio e mostrou muita raça.

Sergio Pettis x Kyoji Horiguchi – Bellator 272

A luta mais recente da lista aconteceu em dezembro de 2021, no Bellator 272, em Uncasville, nos Estados Unidos. O campeão dos galos Sergio Pettis defendia seu título contra o ex-campeão Kyoji Horiguchi, em um duelo entre dois ex-lutadores do UFC. A expectativa era de uma luta técnica e equilibrada, mas o que se viu foi um domínio do japonês, que impôs seu ritmo e sua pressão sobre o norte-americano.

Horiguchi usou sua velocidade e sua movimentação para acertar combinações de socos e chutes em Pettis, que não conseguia encontrar a distância e sofria com os ataques do desafiante. Sergio tentava se defender e reagir, mas estava claramente atrás na pontuação. No quarto round, quando tudo parecia perdido, ele surpreendeu o desafiante com um soco rodado que o nocauteou brutalmente, aos 3m24seg.

Foi um dos nocautes mais incríveis e inesperados da história do Bellator, que garantiu a Sergio Pettis a primeira defesa do cinturão.

Douglas Lima x Michael Page 1 – Bellator 221

A última luta da nossa lista é uma das mais famosas e polêmicas do Bellator, que aconteceu em maio de 2019, no Bellator 221, em Rosemont, nos Estados Unidos. Douglas Lima enfrentou Michael Page, pelas semifinais do torneio dos meio-médios. O confronto colocava frente a frente dois dos melhores strikers da categoria, com estilos e personalidades contrastantes.

O brasileiro era o ex-campeão, com um jogo de muay thai sólido e poderoso. Já o inglês era o invicto, com um jogo de karatê criativo e provocador. No segundo round, Douglas Lima acertou forte chute na perna de Michael Page, que caiu de lado. Lima, então, aproveitou e acertou um uppercut devastador em Page, que estava caído, nocauteando-o na hora. Foi um nocaute brutal e histórico.

Risco para Charles do Bronx no UFC?

Leia Mais sobre: , , , , , , , , , , , ,


Resultados do UFC Las Vegas 87 Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86