Chris Weidman quebra a mão e tem luta contra Vitor Belfort adiada para fevereiro

Brasileiro e norte-americano se enfrentariam pelo cinturão dos médios no UFC 181, em dezembro

V. Belfort (esq.) desafiará C. Weidman. Foto:  Josh Hedges/ Montagem: SUPER LUTAS / MMA Press

V. Belfort (esq.) desafiará C. Weidman. Foto: Josh Hedges/ Montagem: SUPER LUTAS / MMA Press

A novela envolvendo a luta entre Chris Weidman e Vitor Belfort, válida pelo cinturão dos médios do UFC, ganhou um novo capítulo. O brasileiro, desafiante pelo título, revelou em sua conta no Facebook que o campeão quebrou sua mão durante os treinamentos, o que obrigou o combate a ser adiado.

A luta estava originalmente agendada para o dia 6 de dezembro, na atração principal do UFC 181. Contudo, segundo o brasileiro, a luta deverá ser adiada em dois meses. “Acabo de receber a notícia que o Chris Weidman quebrou a mão e nossa luta será adiada, ao que tudo indica, para fevereiro”, escreveu o brasileiro, que aproveitou para comentar sobre a situação.

LEIA TAMBÉM:
Com lesão, UFC age rápido e confirma Hendricks x Lawler 2
Lutadora transexual responde R. Rousey: ‘Ignorante’ 
Sonnen enaltece Wand: ‘Carreira digna de Hall da Fama’

“A gente não entende o modo de Deus agir, e quando pensamos que entendemos vem Ele e nos mostra que não é nada daquilo que pensamos… Deus muda a trajetória dos nossos planos para sempre nos colocar em algo melhor ou nos preparar para algo melhor… Acredito que Deus é quem sabe o que é melhor para o nosso futuro e sempre nos reserva o melhor”, continuou o brasileiro.

Pouco depois da postagem do lutador brasileiro, o UFC confirmou que o combate de fato está adiado e que Johny HendricksRobbie Lawler, válida pelo cinturão dos meio-médios, será a nova luta principal do UFC 181. O evento também deverá contar com outra disputa de cinturão, com Anthony Pettis e Gilbert Melendez duelando pelo cinturão dos leves.

* Atualizado às 20h13

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments