Fora do UFC 296, Ian Garry vive momento conturbado e precisará passar pela maior prova de fogo de sua carreira

Em meio às críticas sobre sua esposa, família e barrado de duas academias, a promessa irlandesa terá que mostrar que possui um lado mental muito forte para não ver a sua ascensão no octógono ser interrompida precocemente

Ian Garry é promessa dos meio-médios. Foto: Reprodução/Instagram @iangarry

Na madrugada dessa quinta-feira (14), o mundo do MMA acordou com a triste notícia do cancelamento do duelo entre Ian Garry e Vicente Luque, que aconteceria no UFC 296. Segundo o presidente do Ultimate Dana White, o irlandês contraiu uma gripe, que se transformou em pneumonia e impediu o prospecto dos meio-médios (até 77,1kg) de atuar no card programado para o próximo sábado (16). Entretanto, a jovem promessa pode aproveitar o tempo de recesso para superar o ‘teste emocional’ que tem lidado nos últimos meses.

Veja Também

Charles do Bronx é destaque dos pesos leves do UFC. Foto: Reprodução/Twitter/CharlesDoBronxs
Tony Ferguson (foto) vem de derrotas consecutivas no UFC. Foto: Reprodução/Instagram
Colby Covington em visita a Donald Trump. Foto: Reprodução/Twitter colbycovmma leon edwards

Desde que chegou ao Ultimate, em 2021, Ian Garry passou a ser mais um a lidar com o apelido de ‘Novo Conor McGregor’. Entretanto, apesar de muitos outros lutadores conquistarem a mesma alcunha, a promessa dos meio-médios sempre admitiu ser fã do antigo duplo campeão desde criança e ser espelhar no ‘Notório’ para seguir os rumos de sua carreira. Conta a favor do prospecto, o fato de também ter nascido na Irlanda, assim como McGregor.

PUBLICIDADE:

No entanto, nas últimas semanas, Garry viu seu nome ficar em evidência em praticamente todos os sites e programas que falem sobre MMA. O seu relacionamento com a brasileira Layla Machado passou a ser bastante exposto e tomou conta dos noticiários, visto que ela possui 40 anos (14 a mais do que o irlandês) e já escreveu livros ensinando outras mulheres a se tornarem esposas e namoradas de atletas.

O primeiro a atacar o relacionamento de Garry foi o campeão dos médios (até 83,9kg) Sean Strickland, que o acusou de ser dominado e mandado pela esposa. Dillon Danis, um dos melhores amigos de Conor McGregor, também aproveitou para alfinetar o lutador irlandês e a sua companheira. Antes mesmo de se tornar campeão e começar a aproveitar os bônus, Ian já sentia ônus de tentar ser Conor McGregor.

PUBLICIDADE:

Polêmicas em academias

Vicente Luque e Ian Machado Garry foram parceiros de treino. Foto: Reprodução/Instagram

Durante boa parte de sua trajetória no Ultimate, Ian treinou na renomada academia Kill Cliff, sediada na Flórida, Estados Unidos e onde treinam nomes como Gilbert Durinho, Kamaru Usman, Vicente Luque e outros. Após a confirmação do duelo com Luque, Garry foi obrigado a realizar o seu camp de treinamento para o UFC 296 em outra academia, pois o brasileiro é ‘mais antigo’ na equipe e conquistou o direito de realizar o seu camp em casa.

PUBLICIDADE:

Porém, assim que desembarcou em São Paulo para se preparar na academia Chute Boxe, equipe de Charles do Bronx e Diego Lima, Garry passou a provocar Vicente Luque de forma exagerada, inclusive em fotos de momentos pessoais no Instagram do brasileiro. A atitude gerou revolta de Vicente e de outros companheiros de Kill Cliff, que decidiram que não querem que o irlandês volte a treinar na Flórida.

Recentemente, Garry também foi convidado a se retirar de outra grande academia: a ‘Team Renegade’, equipe sediada na Inglaterra e que abriga o atual campeão dos meio-médios Leon Edwards. O atual dono do cinturão alegou que a decisão foi tomada em conjunto com outros membros da equipe, que expuseram sua insatisfação com a forma com que Garry expõe e filma seus treinamentos para as redes sociais, algo que foge do modus operandi da equipe. Nova porta fechada para o irlandês.

UFC 296

Ian Garry comemora vitória no UFC (Foto: Instagram/@ufc)

PUBLICIDADE:

No início da semana da luta do UFC 296, Ian Garry já chegou a Las Vegas (EUA) sentindo uma ‘ameaça’ de quem também é especialista em criar confusões fora do octógono: desafiante ao cinturão dos meio-médios Colby Covington também atacou o relacionamento de Ian Garry e sua esposa e criticou o irlandês por trancar os comentários de seu Instagram e insinuou que ele não estivesse preparado para lidar as críticas do haters.

Nas primeiras horas da quarta-feira (13), começou a circular nos bastidores a notícia de que Ian Garry não participaria do ‘media day’, porém, não foi informado o motivo e a organização confirmou os rumores poucas horas depois. O que parecia ser algum problema leve ou pouco importante, se transformou em luta cancelada logo depois, após Dana White anunciar que Garry havia contraído uma gripe que se transformou em pneumonia e o impossibilitava de subir ao octógono e enfrentar Vicente Luque.

I. Garry em coletiva após o UFC 292 (Foto: Instagram/@ufc)

Aparentemente, a pneunomia de Garry não parece ser grave. Alguns dias de descanso com um pouco de medicação, devem fazer o irlandês ficar 100% logo logo. Entretanto, Ian precisará aproveitar esses dias para lidar com o maior teste emocional de sua carreira. Não deve ser fácil querer se tornar campeão da maior organização de MMA do mundo, ao mesmo tempo em que é bombardeado por provocações, críticas e palpites em seu relacionamento, sua vida pessoal e na forma como encara e leva sua carreira.

Qualquer atleta de alto nível sabe que só o talento não é suficiente. Não se chega ao topo do esporte sem um bom preparo mental, sem saber lidar com os momentos bons e, principalmente, os momentos ruins. É hora de Ian Garry provar de que é feito. Se a maior luta de sua carreira foi cancelada dentro do octógono, fora dele os próximos dias exigirão uma batalha tão intensa quanto e que o irlandês não pode nem pensar em perder, se quiser mesmo sequer chegar perto do sucesso que Conor McGregor alcançou.

Risco para Charles do Bronx no UFC?

Leia Mais sobre: , , ,


Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86 Resultados do UFC 297