Bellator anuncia Royce Gracie como embaixador internacional do evento

Lendário ex-lutador do UFC desempenhará papel importante na divulgação da marca da organização pelo mundo

Royce (foto) será embaixador do Bellator. Foto: Divulgação

Royce (foto) será embaixador do Bellator. Foto: Divulgação

O Bellator oficializou a contratação de mais um membro do Hall da Fama do UFC. Depois de Tito Ortiz e Stephan Bonnar, desta vez foi Royce Gracie que se juntou à organização que é considerada a segunda maior do mundo no MMA.

LEIA TAMBÉM:
Americana faz ‘vaquinha’ para lutar no UFC Uberlândia
Vídeo: Russo nocauteia dois adversários em três segundos
– Vídeo: Belfort treina para luta contra Weidman

Gracie ocupará o papel de embaixador da marca do Bellator, cuja função é descrita pela organização como “dar seminários, autógrafos e fazer aparições promocionais, além de ajudar a expansão internacional do Bellator pelo mundo”. Além disso, a parceria também consiste na criação de uma marca que será lançada no ano que vem.

“Eu conheço Scott [Coker, presidente do Bellator] por um longo tempo e sempre o respeitei, não só como promotor mas também como artista marcial, que sempre tratou os lutadores com respeito e compreende o seu valor. O Bellator quer dar aos fãs luta empolgantes e permitir o crescimento dos lutadores, e isso é algo do qual eu quero fazer parte. O UFC fez um ótimo trabalho nos últimos 20 anos ao construir o esporte e torná-lo global, e eu estou feliz de ter feito parte disso. Mas o Bellator é uma organização que está crescendo e estou honrado em fazer parte disso”, explicou Royce.

A estreia de Gracie na função será no Bellator 131, que será realizado no dia 15 de novembro e terá como destaques as lutas entre Tito Ortiz x Stephan Bonnar e Michael Chandler x Will Brooks.

Hoje com 47 anos, Royce Gracie encerrou sua carreira com um cartel de 14 vitórias, duas derrotas e três empates. O brasileiro permaneceu invicto nas quatro primeiras edições do Ultimate, quando o evento era disputado no modelo de torneio e não havia limite de tempo, peso ou regras. Nos primeiros anos da organização, ele venceu três edições e desistiu antes da semifinal do UFC 3 – devido à falta de condição física para continuar na disputa. Royce fez sua última luta como profissional em 2007, quando venceu a revanche contra japonês Kazushi Sakuraba, responsável por sua primeira derrota anos antes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments