Tony Ferguson se manifesta após igualar recorde de derrotas consecutivas no UFC

Após sofrer a sétima derrota consecutiva no octógono no último sábado (16), Ferguson indicou que continuará lutando

Paddy Pimblett (dir.) e Tony Ferguson (esq.) em luta no UFC 296. Foto: Reprodução/Twitter @UFC

No último sábado (16), Tony Ferguson foi superado por Paddy Pimblett no UFC 296 e amargou a sétima derrota consecutiva da organização, igualando o recorde que antes pertencia somente a BJ Penn. Apesar disso, ‘El Cucuy’ não dá nenhum indicativo de que pretende parar de competir no octógono do Ultimate, apesar dos conselhos de Dana White.

Em publicação nos ‘stories’ do Instagram, o veterano mandou um recado aos fãs e deu a entender que acredita ter mais ‘lenha para queimar’ no UFC.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Amo meus fãs e apoiadores. Vocês me incendeiam. Encontrei muitos de vocês hoje à noite. Mantenham a fé, filhos da p***. Um pé à frente das outras p****. Lembrem o que eu disse galera – Campeão”, escreveu ‘El Cucuy’.

Um dos pesos leves mais temidos da década passada, Tony Ferguson foi campeão interino dos leves (até 70,3 kg) e era visto por muitos como uma real ameaça ao reinado de Khabib Nurmagomedov na divisão. O duelo, no entanto, por variados motivos, acabou nunca saindo do papel.

PUBLICIDADE:

As coisas começaram a sair do trilho para Tony Ferguson em disputa de cinturão interino contra Justin Gaethje em maio de 2020, quando acabou nocauteado no quinto round. De lá para cá, o ex-campeão interino amargou reveses também contra Charles do Bronx, Beneil Dariush, Michael Chandler, Nate Diaz, Bobby Green e, mais recentemente, Paddy Pimblett.

Os salários milionários de Bambam e Popó + Vitor Belfort esnobado

Leia Mais sobre: , , ,


Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86 Resultados do UFC 297