Paddy Pimblett sai em defesa de Tony Ferguson e diz ser contra aposentadoria do veterano

O jovem peso leve disse que a decisão de pendurar as luvas cabe somente ao ex-campeão interino e traçou possível cenários para o futuro do seu último rival

Paddy Pimblett (dir.) e Tony Ferguson (esq.) em luta no UFC 296. Foto: Reprodução/Twitter @UFC

Remando na direção contrária de Dana White, o prospecto Paddy Pimblett saiu em defesa do veterano Tony Ferguson, seu rival no UFC 296 do último sábado (16). Em entrevista após o evento realizado na T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA), o peso leve (até 70,3kg) inglês disse que uma decisão de possível aposentadoria cabe apenas ao norte-americano e traçou cenários interessantes, para caso o ‘El Cucuy’ deseja permanecer atuando profissionalmente.

Veja Também

Sean Strickland (esq.) e Dricus Du Plessis (dir.) se enfrentam no UFC 297. Foto: Reprodução/Instagram
Jon Jones UFC 285

“É uma loucura a forma que as pessoas estão dizendo para ele se aposentar. É uma decisão da pessoa que luta definir quando quer se aposentar. Ninguém nunca vai me dizer quando tenho que me aposentar, é minha decisão. Se o Tony quiser continuar entrando lá e lutando, ele pode. Acho que se você colocá-lo lá contra alguém mais baixo na categoria, como um Mark O. Madsen ou Drakkar Klose, alguém assim, ele vence eles. Ele sobreviveu (os três rounds). É um dos caras mais duros que têm por aí, tiro o chapéu para ele. É uma lenda. Ninguém deveria dizer a esse homem para se aposentar. Ele pode se aposentar sozinho, e quando ele quiser”, disse Pimblett.

PUBLICIDADE:

Destaques do UFC 296, Pimblett e Ferguson mediram forças no card principal do show e o embate terminou com vitória do prospecto inglês sobre o veterano na decisão unânime dos juízes.

Risco para Charles do Bronx no UFC?

Leia Mais sobre: , ,


Resultados do UFC Las Vegas 87 Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86