Mayra Sheetara revela que lesão influenciou na performance apagada em disputa de cinturão no UFC 297

Brasileira narra drama vivido durante confronto com Raquel Pennington, válida pelo título dos galos

Raquel Pennington (esq.) conquistou o cinturão dos galos no UFC 297. Foto: Reprodução/Instagram

Derrotada na disputa do título vago dos galos (até 61,2kg.) no UFC 297, Mayra Sheetara justificou a performance apagada diante de Raquel Pennington. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, a brasileira afirmou ter sofrido uma lesão no tímpano, após receber um golpe preciso da adversária. O incidente teria afetado seu equilíbrio durante o confronto.

“Tive uma pequena lesão no tímpano, mas, apesar disso, me sinto ótima e pronta para voltar. Raquel me acertou um duro golpe na orelha e isso rasgou parcialmente meu tímpano. Meio que perdi o equilíbrio, mas faz parte do jogo. (…) Não conseguia fazer a leitura do que estava acontecendo depois do ataque. Méritos para ela, que acertou um bom golpe e me tirou da luta. Estou ‘lambendo minhas feridas’ e ainda não tive tempo de analisar a luta para entender o que deu errado”, declarou Sheetara.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Jamahal Hill é ex-campeão do UFC. Foto: Reprodução/Twitter/UFCBrasil

No último fim de semana, Mayra subiu no octógono com a responsabilidade de fazer história para o MMA brasileiro. Caso vencesse o confronto, a mineira assumiria o trono de Amanda Nunes, que anunciou sua aposentadoria na temporada passada.

Vencedora da disputa no UFC 297, Raquel Pennington se tornou a sexta atleta a vestir o título dos galos. Antes, Ronda Rousey, Holly Holm, Miesha Tate, Julianna Peña e a ‘Leoa’ lideraram a categoria.

PUBLICIDADE:

 

Os salários milionários de Bambam e Popó + Vitor Belfort esnobado

Leia Mais sobre: , , , , ,


Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86 Resultados do UFC 297